Empresas oferecem planos odontológicos para equipe e dependentes, diz pesquisa

Pesquisa revela também que 12% das empresas oferecem o benefício para seus funcionários aposentados

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Oferecer outros benefícios aos profissionais, além do vale-refeição, transporte e do plano de assistência médica, já é realidade para a maioria das empresas mundiais. Uma pesquisa feita pela consultoria em Recursos Humanos (RH) Mercer revelou que 83% das empresas consultadas disponibilizam assistência odontológica aos seus funcionários.

Além disso, 12% das companhias consultadas revelaram que oferecem esse benefício para os seus funcionários aposentados.

A pesquisa “Benefícios Corporativos” foi realizada com 210 empresas que possuem de 500 a mais de 5 mil funcionários de 16 países: África do Sul, Alemanha, Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, França, Holanda, Itália, Japão, Suécia e Suíça. Entre essas empresas, 68% são multinacionais, 31% são privadas e 1%, estatais.

Tipos de Planos

Aprenda a investir na bolsa

Os planos odontológicos de grupo são os preferidos das empresas, uma vez que 66% das companhias consultadas disseram fazer esta opção. Já a escolha por cooperativas odontológicas foi feita por 11% das empresas e a opção por administradoras foi realizada por 11% das companhias. Outros 10% preferiram a autogestão e 10% recorreram a seguradoras para oferecer este benefício aos seus colaboradores.

Além de oferecer os serviços odontológicos ao seu quadro de funcionários, as empresas também oferecem cobertura para os dependentes dos seus colaboradores. Neste caso, todas as companhias que disponibilizam planos odontológicos para seus funcionários também oferecem o serviço para os filhos desses profissionais.

O levantamento constatou também que 99% das empresas oferecem a extensão desse benefício para as esposas de seus funcionários e 94%, para os maridos das suas colaboradoras. Quanto aos companheiros, 91% das empresas também disponibilizam esta cobertura para eles.

Custos

Com relação aos custos dos planos odontológicos para os funcionários, 21% das empresas assumem os custos integralmente. Já 49% oferecem esse benefício com uma contribuição fixa, 22% usam a contribuição fixa e co-participação e 8%, a co-participação.

Além disso, a pesquisa verificou que 81% dos custos dos planos odontológicos executivos são de responsabilidade da empresa. Se o plano for básico, 80% dos custos são pagos pelas companhias e, se for intermediário, 79%.