Empresas já abrem vagas para emprego temporário de fim de ano

Estão previstas 113 mil vagas temporárias a serem preenchidas até o final deste ano, de acordo com dados da Asserttem

SÃO PAULO – Renda extra, experiência, contatos. O emprego temporário oferece tudo isso ao profissional, mas quem quer contar com um já para o final deste ano deve começar a procurar. Há três meses do Natal, muitas empresas começam a procurar candidatos.

Segundo dados da Asserttem (Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário), estão previstas 113 mil vagas a serem preenchidas até o final deste ano.

O período médio de trabalho temporário é de três meses, mas pode haver prorrogação deste prazo, dependendo do desempenho do profissional, que estará em constante avaliação. Por isso, cuidado com as atitudes.

Cuidados!

Antes de aderir ao trabalho temporário, contenha a empolgação e analise seus direitos:

  • Remuneração equivalente a de funcionários com a mesma função;
  • Jornada de trabalho de oito horas diárias; exceto se houver diferenciações previstas em lei;
  • Pagamento proporcional de férias e 13º salário, calculado em 1/12 sobre o último salário recebido, no término do contrato;
  • Folga semanal remunerada;
  • Pagamento de hora extra, limitada a duas horas diárias. O valor de cada hora extra é no mínimo 50% superior à hora normal;
  • Vale-transporte;
  • Contribuições ao FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) por parte da empresa;
  • Inscrição na Previdência Social e contribuições como segurado obrigatório;
  • Contagem de tempo de contribuição para a aposentadoria.

Possibilidade de estágio

No final do ano, com o aumento do consumo, as empresas demandam profissionais para conseguir atender seus clientes. Com o trabalho temporário, elas conseguem aumentar a produção. Depois deste período, por sua vez, elas contratam alguns temporários, inclusive para estagiar.

“É uma oportunidade ímpar para obtenção de uma oportunidade de estágio, pois muitos são efetivados após o período de serviço temporário”, disse o diretor de comunicação da Estagiários.com, empresa especializada em recrutamento e seleção de candidatos, Giuliano Bortoluci.

Para conseguir estas vagas temporárias, é preciso se preparar. “O primeiro passo é a elaboração de um bom currículo, pois ele é o primeiro contato entre o empregador e o estagiário”, afirmou Bortoluci, acrescentando que experiência e qualidades pessoais devem ser destacadas.

Ainda sobre o currículo, ele afirmou que deve ser conciso e objetivo. “Nunca ultrapasse duas páginas e coloque somente o essencial. Caso contrário, o recrutador nem dará atenção, por conta dos muitos outros currículos que estarão em sua mesa”, aconselhou.