Empresas devem aumentar equipes financeiras até junho de 2012

Contratação de profissionais está prevista em 49% das companhias nacionais consultadas pela Robert Half

SÃO PAULO – Uma recente pesquisa realizada pela empresa de recrutamento Robert Half revelou que 49% das companhias brasileiras têm a intenção de ampliar seu quadro de profissionais de contabilidade ou finanças no primeiro semestre de 2012. Para se ter uma ideia, a intenção de contratação no Brasil é tamanha que encontra-se à frente, inclusive, da disposição de países como Alemanha (45%), Reino Unido (37%) e França (33%), por exemplo.

Além disso, segundo o levantamento que comparou a demanda por esses profissionais em outros 19 mercados, o Brasil segue entre as melhores nações do mundo com tal intenção. É dele o terceiro lugar no ranking: a primeira e a segunda colocações ficaram para a China (58%) e para os Emirados Árabes (72%).

Motivos
Entre os motivos para justificar o aumento das equipes neste período, o crescimento e a expansão dos negócios despontaram entre os entrevistados.

PUBLICIDADE

No Brasil, por exemplo, o percentual de empresas que alegaram estes fatores chegou a 67%. Já na Holanda, a participação foi um pouco maior, de 79%.

“No Chile, na China e na França, o crescimento ou a expansão do negócio chegou a 51%, 55% e 56%, respectivamente”, detalhou a pesquisa.

Outras razões
Outras razões citadas pelo levantamento como as principais motivadoras do aumento do número de profissionais de contabilidade ou finanças durante o primeiro semestre de 2012 no Brasil foram ainda o aumento da carga de trabalho (24%), a fusão ou aquisição (6%) e a atualização de sistemas financeiros (2%).