Pesquisa

Empresas brasileiras estão entre as que mais contratam no mundo

Segundo IBR 2012, da Grant Thornton, Brasil é o terceiro em ranking global de contratações; Peru e Índia ocupam as primeiras colocações

SÃO PAULO – As contratações no Brasil continuam à todo vapor. De acordo com o IBR (International Business Report) 2012, da Grant Thornton International, o índice de emprego no País apresentou uma elevação de 23 pontos percentuais no segundo trimestre deste ano. Segundo o levantamento, a alta de 49% é praticamente o dobro da registrada no ano anterior, e coloca o País no ranking de nações que mais estão oferecendo oportunidades no momento.

“O Brasil conquistou a terceira posição do ranking mundial”, detalha a Grant Thorton, que consultou mais de 11,5 mil empresas privadas em 40 países do mundo.

Para o diretor da área de gestão e pessoas da Grant Thornton Brasil, Antoniel Silva, o dado revela não apenas a redução da informalidade no País, mas também a criação de novas empresas.

PUBLICIDADE

Ranking
Segundo os dados apresentados pelo estudo, o País ficou atrás apenas do Peru (64%) e da Índia (57%), que ocuparam as primeiras colocações. Se destacaram ainda no ranking, o Chile e a Turquia – ambos com 56% – e a Malásia (50%).

“A Grécia e a Espanha infelizmente ainda não melhoraram o panorama de emprego local e apresentaram resultados negativos, com -33% e -18%.”

Regionalmente, a América Latina (42%) e os países da ASEA (Associação das Nações do Sudeste Asiáticos) foram os locais onde os empresários mais contrataram. A América do Norte (35%) e os países do BRIC (Brasil, China, Rússia e Índia) aparecem em seguida, com 30%.

Por setor
Na avaliação por setor, os que mais contrataram foram os de fornecimento de eletricidade, gás e água (45%), saúde (42%) e educação, e serviços sociais (39%). O segmento hospitalar foi o que menos empregou no segundo trimestre de 2012 (6%) e foi seguido pelo de agricultura (20%) e serviços profissionais (19%).