Mais lucro

Empresa japonesa de seguros demite 34 funcionários para contratar robôs

Com a empresa usando robôs espera-se um aumento de produtividade de 30% e uma economia de R$ 3,2 milhões em salários

SÃO PAULO – Com a tecnologia avançando tão rapidamente não é absurdo pensar que no futuro os humanos podem perder seus empregos para máquinas. E para 34 funcionários de uma companhia japonesa, isso já se tornou realidade. A empresa de seguros Fukoku Mutual Life Insurance demitiu alguns empregados para substituir a mão-de-obra por um sistema de inteligência artificial, segundo o site da BBC.

Com a empresa usando robôs espera-se um aumento de produtividade de 30% e uma economia de 140 milhões de ienes, cerca de R$ 3,2 milhões, em salários. O sistema que será instalado até o fim deste mês, deverá custar 200 milhões de ienes, algo próximo de R$ 5,52 milhões, de acordo com o site.

Os computadores serão responsáveis por fazer cálculos, ler documentos médicos, certidões, relatórios e prontuários para avaliar se o usuário deve ou não receber o valor do seguro. Mas ainda assim, uma pessoa será responsável por supervisionar o trabalho das máquinas, segundo o jornal japonês Mainichi.

PUBLICIDADE

Segundo a BBC, um estudo do Fórum Econômico Mundial do ano passado prevê que até 2020 a tecnologia deve fazer com que 5,1 milhões de pessoas percam seus empregos. A pesquisa considera os 15 países mais desenvolvidos do mundo.