Em carreira / emprego

Viagens e prêmios em dinheiro: como as empresas motivam e tentam reter talentos

Cada vez mais as empresas pensam em soluções viáveis e atrativas para manter seus talentos em suas instalações     

Viagem executiva
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Todo profissional deve fazer sua parte e desempenhar suas funções com a maior qualidade possível. Mas também não deixa de ser verdade que, se a empresa oferece boas condições de ambiente de trabalho e oportunidades de carreira, o profissional consegue equilibrar a balança vida versus emprego e se sente completo onde atua.

Considerando o ano economicamente turbulento que atravessamos em 2017, cada vez mais as empresas pensam em soluções viáveis e atrativas para manter seus talentos em suas instalações. E não há restrição: companhias de diversas áreas oferecem benefícios para seus funcionários. Uma das formas de se fazer isso é com programas motivacionais, quando os funcionários são premiados por suas boas atuações. 

A Hyundai, fabricante sul-coreana, por exemplo, tem o projeto "Empolyer of the Year", ("O funcionário do ano", em tradução livre), programa de reconhecimento dos colaboradores. O programa visa reconhecer e engajar os empregados os premiando com uma viagem para Coreia do Sul pelo período de uma semana.

Este ano 60 pessoas foram selecionadas, sendo 80% da área de produção e 20% do setor administrativo. Desde 2013, cerca de 340 colaboradores participaram do programa. 

Áureo César Gomes da Silva, da Produção, está entre os funcionários contemplados pelo projeto este ano. “Faço parte da família Hyundai há seis anos e fiquei muito emocionado quando recebi a notícia de que fui selecionado pelo 'Employee of the Year'", afirma. 

Segundo a empresa, este programa tem uma importância fundamental, já que reconhece os esforços de nossos colaboradores. Os funcionários têm a oportunidade de visitar fábricas da Hyundai, pontos turísticos e culturais, restaurantes típicos, entre outras atividades. "Acreditamos também que para gerar mudança e inovação temos de conhecer e proporcionar experiências novas e diferenciadas. Além disso, este programa contribui para o desenvolvimento profissional e pessoal de cada um dos colaboradores", afirmou a empresa. 

O programa existe mundialmente há mais de oito anos e o Brasil participa desde 2013, depois do início das operações da montadora em Piracicaba. Anualmente, um grupo de funcionários de cada um dos oito países em que a Hyundai possui fábricas é eleito, segundo critérios de desempenho, dedicação, participação e autodesenvolvimento, para passar uma semana na matriz da empresa, na Coreia do Sul.

Segundo Fernando Mantovani, gerente geral da consultoria de RH Robert Half, o que faz as pessoas mudarem de emprego são questões específicas claras e recorrentes: oportunidades de carreira, problemas com gestor, qualidade de vida e, por último, remuneração. Por isso, programas motivacionais podem ser uma boa forma de manter os talentos. "É claro que isso se une a certeza desde o momento da contratação, que o funcionário tem uma afinidade de valores com os da empresa", diz. 

Já a farmacêutica Bayer oferece um programa de incentivo para seus funcionários um pouco diferente. Chamado Bayer+Valor, o programa funciona por meio de uma plataforma digital e concentra diversas iniciativas voltadas à valorização de colaboradores. Quase todas elas geram pontos, que podem ser convertidos em produtos, serviços e até mesmo em dinheiro em folha de pagamento. 

"O Bayer + Valor funciona como um guarda-chuva para ações de reconhecimento, agrupando diversas iniciativas e funciona durante todo o ano. Existem tanto iniciativas que geram pontos (financeiras), tanto não financeira" explicou a assessoria da empresa.

O programa vale para todos os colaboradores da empresa no Brasil. Na plataforma há várias formas (financeiras e não financeiras) de avaliar o funcionários, que são consideradas igualmente importantes. Entenda: 

Bom É Ter Você:. Colaboradores que completarem a cada cinco anos de casa serão reconhecidos em pontos.

Caça-Talentos: Reconhece os colaboradores por indicarem talentos para trabalharem na Bayer, após os indicados terem sido aprovados no processo seletivo

Você em Destaque: Permite que gestores atribuam pontos a pessoas de sua equipe ou de outros times que tenham contribuído de maneira significativa e não prevista para entregas diversas.

Parceiros de Valor: Essa iniciativa permite que qualquer colaborador reconheça a outro, gerando alto engajamento. Esse programa não gera pontos.

Campanhas de Vendas: Campanhas para alavancar vendas específicas também são inclusas no Bayer + Valor, gerando pontos para os ganhadores das áreas de Força de Vendas.

Na prática, cada ponto equivale a um real bruto. "Por exigência legal, todos os resgates – sejam em produtos, serviços ou dinheiro - transitarão por folha de pagamento, com a dedução do IR de acordo com a faixa salarial do colaborador. A troca de pontos por produtos e serviços pode ser feita a qualquer momento. Já as trocas em dinheiro em folha de pagamentos devem ser feitas apenas nos meses de janeiro, abril, julho e outubro", explica a empresa. 

Segundo Mantovani, quando o mercado se aquece, a busca de profissionais aumenta e os talentos da sua empresa serão abordados. "Se a companhia não fez nada recentemente deve fazer e ficar atenta. O risco de perder um talento é diretamente proporcional ao aquecimento da economia e do mercado de trabalho", diz. 

O Nubank, por sua vez, trabalha com viagens anuais focando no desenvolvimento profissional junto com a diversão. Em uma das ações da empresa, os seis profissionais da área de relacionamento com o cliente mais engajados com o trabalho ganharam uma viagem de 5 dias para a Disney, em Orlando. Foram 3 dias de cursos de qualidade de atendimento e 2 dias nos parques do complexo no ano passado.

"A melhor forma de reter nossos talentos é uma cultura bem desenvolvida dentro da empresa. Se o profissional tem os mesmos valores que a nossa companhia, ele tem tudo para ficar", afirma Dennis Wang, VP de Operações do banco digital. 

Neste ano, a viagem será para Las Vegas, também nos Estados Unidos, na sede da Zappos, empresa online que vende roupas e sapatos, para que os profissionais façam um curso de serviço ao cliente, área em que a empresa é referência - fora os dias livres pela cidade. 

Além disso, ele garante que escolher as pessoas certas desde a hora da contratação é muito importante. "Temos um time forte, engajado e muito diverso, o que nos permite ter ideias diferentes e novas perspectivas", diz Wang. 

A empresa também oferece um ambiente moderno, amplo e colorido, onde os funcionários podem levar seu pets, podem se vestir como preferirem e podem fazer reuniões em qualquer local do prédio. 

Quer investir para aprimorar sua carreira? Abra uma conta na XP. 

 

Contato