Emprego temporário cresce 10% até julho

Um total de 104,3 mil pessoas foi contratado, considerando Páscoa, Dia das Mães e as férias de julho, de acordo com dados da Asserttem

SÃO PAULO – O número de contratações temporárias neste ano já superou em quase 10% o do mesmo período de 2009, revelou a Asserttem (Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e Trabalho Temporário), com base em dados da Páscoa, Dia das Mães e férias de julho.

Um total de 104,3 mil profissionais foi contratado temporariamente até julho deste ano, enquanto o volume entre janeiro e julho do ano passado havia sido de 95 mil.

Em todo o ano passado, 220,5 mil pessoas conseguiram um trabalho temporário, sendo que 125 mil vagas diziam respeito ao Natal.

PUBLICIDADE

Em 2010
“De acordo com as projeções favoráveis para a economia, se houver exatamente o mesmo número de trabalhadores temporários que tivemos no Natal passado, chegaremos ao total de 229,6 mil contratações”, disse a diretora de Comunicação da Asserttem, Jismália de Oliveira Alves.

Isso porque, segundo o presidente do Sindeprestem – Sindicato das Empresas de Serviços Terceirizados e Temporário de São Paulo -, Vander Morales, o segundo semestre deste ano deve ser positivo para quem quer um contrato com prazo final de trabalho.

“O setor de serviços, assim como a economia brasileira, vive um momento bastante positivo. Isso possivelmente contribuirá para a geração de mais vagas temporárias até o final de 2010”, disse.