Emprego: setores que se destacaram durante a crise proporcionam oportunidades

Em meio a esse cenário, houve uma "adaptação" no perfil dos executivos procurados pelas grandes empresas neste ano

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O segundo semestre permitiu a retomada de novos projetos das empresas, em decorrência da chegada de investimentos e do otimismo nos negócios, apesar da crise. É o que dizem os sócios Peter Anderson e Francisco Ramirez da ARC Executive Talent Recruiting, consultoria de gestão e de recrutamento de executivos.

Segundo Ramirez, os bons resultados nesse período do ano podem ser atribuídos ao crescimento gerado por empresas dos setores de consumo, tecnologia e telecomunicações, financeiro e real estate/infraestrutura, que proporcionam oportunidades de emprego.

Executivos
Em meio a este cenário, houve uma “adaptação” no perfil dos executivos procurados pelas grandes empresas neste ano. “Destaco dois grandes diferenciais: qualificação e senioriadade”, diz Ramirez.

“Alguns executivos se mostraram mais preocupados do que o usual em aceitar desafios em outras empresas, em um momento de instabilidade e incerteza com o futuro”, completa.

Outros setores
Enquanto alguns setores se destacavam durante a crise, as indústrias exportadoras (alimentos, commodities agrícolas, commodities siderúrgicas e minérios) sofreram devido à redução nas compras por parte dos clientes.

“Grande parte da indústria de bens de capital sentiu a retenção de investimentos por parte das empresas”, diz Anderson.

Aprenda a investir na bolsa