Emprego na indústria paulista cresce 1,48% em abril, aponta Ciesp

Foram criados 30.980 empregos; desempenho do setor também foi positivo na comparação com abril de 2005 (25.430 vagas geradas)

SÃO PAULO – As contratações da indústria paulista cresceram 1,48% em abril frente ao mês anterior, com a criação de 30.980 empregos, conforme revela a pesquisa mensal do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), divulgada nesta quinta-feira (11).

O desempenho do setor na geração de empregos no quarto mês de 2006 também foi melhor que o registrado em abril de 2005 (25.430 vagas), quando o crescimento havia atingido 1,23%.

No acumulado dos últimos 12 meses, houve um avanço de 0,96%, pois 19.461 novos postos de trabalho foram criados. No ano, são 46.321 novas vagas abertas.

Destilação de álcool foi o destaque

PUBLICIDADE

Dentre os 21 setores pesquisados, 14 deles (representam 67,77% do estado) apresentaram desempenho positivo no mês passado. Os destaques ficaram com Destilação de Álcool e Refino de Petróleo (19,59%), Produtos Alimentares (8,32%) e Couros e Artigos de Viagens (4,73%).

Entre os destaques negativos estão os segmentos Produtos de Minerais não Metálicos (-0,67%), Edição, Impressão e Repr. Grav. (-0,47%) e Maquinas e Equipamentos (-0,45%).

Araçatuba contratou mais em abril

Na análise regional, o levantamento revela que Araçatuba foi o município campeão em contratações no mês de abril, com o incremento de 12,03% em sua mão-de-obra, seguido por São Carlos (10,69%) e Jaú (7,77%).

Apesar de figurar longe dos municípios que mais contrataram no quarto mês do ano, a capital paulista abriu 0,15% mais postos de trabalho na comparação com março.

Na contramão dos resultados positivos, as cidades que mais demitiram em abril foram São Bernardo do Campo (-1,48%), São José do Rio Preto (-0,58%), Guarulhos e Cotia, ambos com redução de 0,33% na mão-de-obra.