Emprego: 176.735 vagas foram criadas em setembro

Segundo dados do Caged, o resultado do mês passado é superior em 0,65% ao de agosto. No ano, número de vagas soma 1.383.805

SÃO PAULO – Em setembro foram criadas 176.735 vagas de emprego com carteira assinada no Brasil, resultado superior em 0,65% na comparação com agosto deste ano.

As informações fazem parte do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta quinta-feira (19) pelo Ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho.

Nos primeiros nove meses do ano, 1.383.805 postos de trabalho foram abertos em todo o País e, nos últimos 12 meses, 1.229.092 vagas haviam sido geradas.

Setores da economia

PUBLICIDADE

Segundo o levantamento, em setembro quase todos os setores da atividade econômica tiveram expansão no nível de trabalho. O destaque, porém, ficou com a Indústria de Transformação, com geração de 81.891 vagas – uma expansão de 1,28% na comparação com agosto.

Serviços tiveram expansão de 0,49% (54.552), enquanto o Comércio ficou com 0,76% (46.381) e a Construção Civil contratou 0,98% a mais (12.570).

Apenas Agricultura eliminou postos de trabalho: ao todo foram 21.229 trabalhadores desempregados. Conforme o documento de divulgação do Caged, essa retração está relacionada à entressafra do café no Estado de Minas Gerais.

Análise regional

A pesquisa revela, ainda, que a maior elevação no nível de emprego ocorreu na região Nordeste (80.913 postos) e no Sudeste (57.463 empregos). Em seguida vêm Sul (21.309), Norte (9.166) e Centro-Oeste (7.884).

Os Estados que apresentaram os melhores desempenhos foram: São Paulo (50.372 postos), Alagoas (27.689 vagas) e Pernambuco (27.469 empregos).