Empregabilidade e empresariedade: você sabe o que significam?

Profissionais que se têm alto grau de empregabilidade são os mais disputados no mercado de trabalho

SÃO PAULO – O mercado de trabalho é marcado por competições acirradas. Por isso, saber medir o seu grau de empregabilidade e ter consciência da capacidade de empresariedade das companhias são diferenciais. Mas você sabe o que esses dois termos significam?

De acordo com as consultoras de Recursos Humanos, Ana Lúcia Barduchi e Josiane Cintra, as mudanças são as maiores certezas do mundo globalizado, por isso, as empresas e os profissionais têm de ser ágeis, flexíveis, empreendedores, além de acompanhar estas inovações e se diferenciar dos demais.

As pessoas com essas características são disputadas no mercado e têm alto grau de empregabilidade. “São os chamados talentos, nem generalistas nem especialistas, são multiespecialistas”, afirmam as profissionais de RH.

Empregabilidade

PUBLICIDADE

A empregabilidade é muito mais do que a capacidade que o profissional tem de conseguir novas oportunidades de emprego, de se manter
no trabalho e de conseguir promoções no cargo em que atua.

Ela é explicada pelas ações realizadas pela pessoa com o objetivo de desenvolver habilidades e competências individuais, além de buscar conhecimentos para a sua colocação no mercado de trabalho. A empregabilidade depende somente do profissional.
Cabe a ele manter e seguir seu projeto de carreira.

Empresariedade

Já a empresariedade é medida pela capacidade que a empresa tem de reter talentos, com ações como salários competitivos, benefícios iguais ou acima do mercado de trabalho, além de propiciar um ambiente organizacional saudável, em que seus profissionais são incentivados.

A área de Recursos Humanos também contribui para a empresariedaed, já que tem de ser clara e objetiva, com foco no desenvolvimento do indivíduo alinhado com o crescimento da empresa.

Ter um chefe proativo que dê retorno sobre as ações desenvolvidas de sua equipe e aponte soluções para melhora são fundamentais para que a empresa aumente sua empresariedade, além de respeitar a individualidade de cada funcionário.