Em um ano, salário em carreira nova aumenta mais que em tradicional

Segundo estudo, salário de cargos novos cresceu 15,27%; já rendimento da atividade tradicional aumentou 6,76%

SÃO PAULO – O crescimento salarial das profissões mais tradicionais é menor do que o registrado entre os cargos novos. A constatação é da “Pesquisa Salarial e de Benefícios”, realizada pela Catho Online.

De acordo com o estudo, entre os meses de junho de 2005 e junho de 2006, o salário dos cargos novos aumentou 15,27%, enquanto que o rendimento dos trabalhadores das atividades mais tradicionais cresceu apenas 6,76%. Os dados mostram que as novas profissões tiveram aumento de salário 7,97% acima das carreiras mais antigas.

Cargos

A pesquisa destacou que os cargos ligados à tecnologia por meio da internet foram os que mais tiveram aumento salarial, como o de administrador ou técnico de rede wireless, com crescimento de 22%, e web designer ou produtor de conteúdo, com incremento salarial de 19% no período analisado.

PUBLICIDADE

Em contraposição, houve retração de salário de carreiras antes valorizadas, como a de secretária bilíngüe (-14,44%). As profissões que têm ligação direta com os avanços tecnológicos nas organizações e com as mudanças nos processos produtivos também registraram diminuição salarial no ano, como a de contador (-11,13%) e ferramenteiro (-16,78%).

Estudo

O estudo se baseou em coleta feita em junho de 2006. Foram selecionados 40 cargos, sendo a metade tradicionais e a outra carreiras novas. A seleção de cargos contemplou posições gerenciais, administrativas e técnicas especializadas em 48 ramos de atividade econômica.

A pesquisa é feita a cada quatro meses e contou, nesta edição, com 50.000 profissionais de todo o Brasil.