IBGE

Em um ano, 280 mil entraram na fila do desemprego em 6 regiões

A taxa de desocupação ficou em 6,2% no mês passado, acima do observado em março de 2014, de 5,0%

arrow_forwardMais sobre

A população desocupada cresceu 23,1% em março ante igual mês de 2014, o que significa 280 mil pessoas a mais na fila do desemprego nas seis principais regiões metropolitana do País, informou nesta terça-feira, 28, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa de desocupação ficou em 6,2% no mês passado, acima do observado em março de 2014 (5,0%).

 

Além disso, a população ocupada diminuiu 0,9% em março ante igual mês do ano passado, o que significa destruição de 197 mil postos de trabalho na comparação anual. Nesse mesmo período, a população economicamente ativa cresceu 0,3% (+83 mil pessoas), enquanto o contingente de inativos aumentou 1,5% (+291 mil pessoas).

PUBLICIDADE

 

Na comparação de março com fevereiro, a população desocupada aumentou 5,3%, o que significa 75 mil pessoas a mais buscando uma colocação no mercado de trabalho. Já a população ocupada diminuiu 0,2% no período, o equivalente a 48 mil empregos a menos.

 

Ainda na base mensal, a população economicamente ativa subiu 0,1% (+27 mil pessoas), enquanto o contingente de inativos ficou estável (0,0%), com 8 mil pessoas a mais do que em fevereiro.