Em abril, micro e pequenas empresas geraram 67% dos postos de trabalho

Entre os setores, serviços foi o que mais se destacou, representando 28,7% do total de empregos oferecidos

SÃO PAULO – As MPEs (micro e pequenas empresas) foram responsáveis por 67% dos 272.225 empregos criados no mês de abril, o que responde por 182.390 postos de trabalho. É o que revela levantamento divulgado pelo Sebrae nesta sexta-feira (20), com base em dados do Caged (Cadastro de Empregados e Desempregados).

Na avaliação do Sebrae, os números apontam uma recuperação do ritmo observado em março, quando os pequenos negócios corresponderam a 41,4% dos empregos com a carteira assinada.

“Considerando os últimos 12 meses, as micro e pequenas empresas geram quase 80% dos empregos formais no País. Portanto, não há como falar em desenvolvimento do Brasil sem envolver esse segmento”, afirma o presidente do Sebrae, Luiz Barretto.

PUBLICIDADE

Análise por tamanho
Na análise por tamanho, as microempresas que empregam até quatro pessoas contribuíram significativamente para o resultado geral, com 46,2% das vagas. Já as que possuem de 20 a 99 funcionários responderam por 13,7% das contratações, enquanto as que empregam entre cinco e 19 profissionais responderam por 7,1% do total dos empregos do mês.

Entre os setores, serviços foi o que mais se destacou, representando 28,7% do total de empregos gerados pelas micro e pequenas empresas. O comércio também teve destaque na criação de postos de trabalho, representando 13,5%, seguido pela indústria de transformação, com 10,7%.