Em carreira / educacao

Onde os fundadores dos unicórnios brasileiros estudaram

No Brasil, seis empresas são consideradas unicórnios: 99, Nubank, iFood, Gympass, Stone Pagamentos e Arco Educação. Universidades públicas formaram 10 dos 15 fundadores.

Unicórnios
(Montagem/ Shutterstock/ Reprodução )

SÃO PAULO - O termo "unicórnio" está cada vez mais famoso, principalmente para quem acompanha o mundo de negócios e empreendedorismo. É o nome dado a startups avaliadas em US$ 1 bilhão ou mais. 

Considerando dados da plataforma CB Insights, até março deste ano, são 326 unicórnios ao redor do mundo. Em 2013, quando o conceito foi criado, não chegavam a 40. 

No Brasil, seis empresas são consideradas unicórnios hoje: 99, Nubank, iFood, Gympass, Stone Pagamentos e Arco Educação. Além disso, outras são promessas de chegar ao primeiro US$ 1 bilhão em breve, como a PSafe, Creditas, GuiaBolso, Loggi, Quinto Andar e outras.  

Em todo o discurso que ronda o universo de empresas de tecnologia criada do zero, afirma-se que, para conquistar o título de unicórnio, alcançar números tão altos e encantar tantos consumidores e clientes, os perfis dos fundadores dessas empresas foram cruciais. Eles idealizaram o negócio e, com o tempo, o colocaram em prática. 

É fato que um bom líder faz toda a diferença para o sucesso do negócio - e consequentemente, onde estudou e se formou influencia na forma como lida com o trabalho e sua equipe. 

Além disso, toda pós-graduação e cursos que implementam a carreira são um grande diferencial para os profissionais - e maioria dos fundadores das startups têm um MBA ou curso no exterior, por exemplo. 

Dessas seis unicórnios brasileiras, quatro delas têm entre seus fundadores pessoas formadas pela Universidade de São Paulo (USP). O InfoMoney pesquisou a origem acadêmica de todos os criadores de unicórnios brasileiros. Confira: 

99 

Ariel Lambrecht: graduação em engenharia mecatrônica na Poli/USP.

Paulo Veras: graduação em engenharia mecânica na Poli/USP. Fez um curso de curta duração em gestão e administração na Harvard Business School e tem MBA em gestão internacional pelo Instituto Europeu de Administração de Empresa (Insead) - na França. 

Renato Freitas: graduação em engenharia mecatrônica na Poli/USP. 

A 99 se tornou a primeira empresa unicórnio brasileira em 2018, quando foi vendida à chinesa Didi Chuxing. 

Nubank

Cristina Junqueira: graduação em engenharia industrial na Poli/USP. Tem mestrado também pela USP em engenharia industrial e MBA em negócios pela Northwestern University. É atual vice-presidente do Nubank. 

David Vélez: colombiano, o atual CEO do Nubank tem graduação em engenharia e MBA pela Universidade de Stanford. 

Edward Wible: graduação em Ciência da Computação pela Princeton University e MBA pela Insead (Instituto Europeu de Administração de Empresas).  

Arco Educação

Ari Neto: graduado em administração de empresas na Universidade de Fortaleza (Unifor) e tem mestrado em administração e gestão pelo MIT Sloan School of Management.  

Stone

André Street: graduação em direito na Universidade Cândido Mendes.

Eduardo Pontes: graduação em Ciência da Computação pela PUC-RJ. Tem MBA na FGV e fez um curso de Marketing na Universidade de Berkeley, Califórnia. 

IFood 

Eduardo Baer: graduações em Marketing pela ESPM e em administração pela FEA/USP. Tem mestrado pela Stanford Graduate School of Business. 

Felipe Ramos Fioravante: graduação em administração pela FEA/USP e fez um curso de curta duração pela Stanford Graduate School of Business.

Guilherme Bonifácio: graduação em economia pela FEA/USP.

Patrick Sigrist: graduação em engenharia florestal pela Esalq/USP. Tem mestrado em análise de dados pela Universidade de Purdue, MBA pela FIA e fez um curso de venture capital na Universidade da Califórnia. 

Gympass

Cesar Carvalho: graduação na FEA/USP. Tem MBA em administração pela Havard Business School. 

João Thayro: graduação na FEA/USP.

Promessas

Além das empresas que já alcançaram o US$ 1 bilhão, no Brasil há uma série de outras empresas que são promessas de unicórnios, com negócios consolidados e captações de milhões de dólares. Confira onde os fundadores algumas delas estudaram:

GuiaBolso

Thiago Alvarez: graduação na Universidade de Brasília (UNB) e mestrado em negócios pela PUC/SP. 

Benjamin Gleason: graduação em economia pela Universidade de Wisconsin-Madison e MBA pela Wharton Business School. 

Loggi

Eduardo Wexler: gradução em design gráfico pela FAAP, tem curso em marketing digital pela ESPM e curso em inovação de produtos e serviços pelo MIT Sloan School of Management. 

Fabien Mendez: graduação em administração pela FGV e tem mestrado em finanças e estratégia pela Sciences Po Paris. 

Arthur Debert: graduação em cinema pela FAAP. 

Quinto Andar

Andre Penha: graduação em engenharia da computação pela Unicamp, tem mestrado em ciência da computação também pela Unicamp e MBA pela Universidade de Stanford. 

Gabriel Braga: graduação pela UFMG, mestrado em engenharia industrial também pela UFMG e tem MBA pela Universidade de Stanford. 

Invista seu dinheiro para realizar o sonho de ter sua própria empresa. Abra uma conta na XP - é de graça. 

 

Contato