Economia e saúde: o desafio da hora do almoço

Alternativas como preparar a própria refeição na cozinha do escritório garante a dieta e ainda ajuda a manter o orçamento em dia

SÃO PAULO – Muito se fala sobre qualidade de vida, adquirida por meio da prática de exercícios físicos, com a eliminação do hábito de fumar e de beber. No entanto, muitas pessoas pensam que isto está longe de sua realidade, principalmente quando diz respeito à alimentação, necessidade orgânica ligada ao prazer.

Mas estas pessoas se enganam, já que é possível se alimentar de maneira adequada sem gastar muito e ainda mantendo a qualidade de vida. Veja abaixo como economizar e manter a saúde

Almoce no escritório

Por mais que seja bom sair do ambiente de trabalho no horário de almoço, para distrair um pouco, quem consegue este benefício? São poucas as pessoas que não se atolam de trabalho e acabam por passear ou, até mesmo, praticar esportes no horário de pausa.

PUBLICIDADE

Para quem não consegue, o melhor não é simplesmente deixar de almoçar ou pedir aqueles lanches gordurosos da lanchonete da esquina. Resista à tentação e almoce no escritório.

Faça sua refeição

Isso mesmo, ao invés de ir aos restaurantes, onde você será estimulado a comer mais, por que não preparar a própria comida? Boa parte dos escritórios conta com um ambiente de cozinha, com o necessário para que você esquente ou prepare sua comida.

Para quem quer preservar a saúde, o melhor é fugir dos restaurantes, local em que você estará propício a gastar mais e fugir da dieta, diante de tanta variedade.

Hábito gera economia

Para quem não conta com o vale-refeição da empresa, almoçar no escritório é a melhor opção. Além de não gastar dinheiro, você economiza e come com qualidade.

Já para quem conta com o vale, é possível economizá-lo e investir num almoço mais planejado e em um restaurante mais saudável.