Kibon

Doria faz parceria para transformar moradores de rua em sorveteiros

Projeto com a Unilever, dona da Kibon, quer empregar 2 mil pessoas, de acordo com o partido do prefeito

SÃO PAULO – A gestão do prefeito João Doria quer transformar moradores de rua da cidade de São Paulo em vendedores de sorvetes Kibon em parques. Nova parceria com a Unilever, o programa foi anunciado em evento com empresários e confirmado ao InfoMoney pela companhia. 

A intenção da prefeitura é transformar 2 mil selecionados pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de forma gradual nos próximos quatro anos. Também faz parte dos planos um treinamento para transformar essas pessoas em microempreendedores individuais (MEI).

Fase do programa Trabalho Novo, cuja perspectiva anunciada é de empregar 20 mil pessoas em situação de rua, a parceria não é a primeira do gênero a ser anunciada pela prefeitura empossada em janeiro deste ano.

PUBLICIDADE

Em fevereiro, Doria anunciou que pretendia empregar moradores de rua em restaurantes da rede McDonald’s através da mesma iniciativa. O evento oficial do lançamento dessa iniciativa, que, segundo a Prefeitura já garantiu 100 vagas de emprego na rede de fast food, ocorre na tarde desta sexta-feira, 17. 

Também não é o primeiro acordo da administração municipal com a Unilever. A multinacional participa de um programa de revitalização dos sanitários do Parque Ibirapuera, em um contrato que inclui manutenção, limpeza e fornecimento  produtos de limpeza e de materiais de higiene, como papel higiênico e sabonete.