Diploma não garante emprego. É preciso correr atrás de diferencial

Segundo pesquisa, profissional não terá grandes chances apenas com universidade; busque atualização e aperfeiçoamento

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Entrar na faculdade é o sonho de muitas pessoas, que pensam que esta é a garantia de uma vida profissional tranqüila e de um emprego. Mas quem pensa desta maneira está enganado.

Segundo a consultoria Catho, a Secretaria do Desenvolvimento, Trabalho e Solidariedade confirmou o que muito se fala: os diplomas universitários não garantem emprego. Isso porque dados de pesquisa realizada pela secretaria informam que um em cada quatro brasileiros que se formaram entre 1992 e 2002 não está empregado.

Dentre os 3,3 milhões de brasileiros formados no período, 74% estavam empregados, enquanto 4% estavam procurando emprego e 22% estavam fora do mercado de trabalho.

Mercado não absorve profissionais

Aprenda a investir na bolsa

O diploma não é garantia por diversos motivos. Primeiro porque, apesar dos profissionais estarem formados, o mercado de trabalho não consegue criar vagas suficientes para que eles possam colocar em prática os conhecimentos adquiridos nas universidades.

A não criação de vagas se dá pela falta de expansão da economia do País, o que é apontado como motivo para a alta taxa de desemprego entre os profissionais identificados na pesquisa.

Além disso, o desemprego é causado pela falta de experiência. Quando o período na universidade não é utilizado para que o estudante tenha conhecimento na área em que irá atuar, a absorção dele no mercado depois de formado se torna mais difícil.

Diante disso, o que fazer?

Se até mesmo dados do governo confirmam que o diploma universitário não garante nenhuma vaga de emprego ao final da universidade, o melhor é correr contra o tempo. Para quem já está formado, o melhor rumo é a especialização. Pense em cursos de pós-graduação, mestrado, doutorado ou aqueles destinados à sua área de atuação.

Já para quem ainda está na universidade, o melhor é partir para o aperfeiçoamento do curso. Tente observar lacunas na sua faculdade e complete com estágios, projetos de pesquisa, iniciação científica, monitorias e outros.

Além disso, nunca se esqueça que uma outra língua a aprender nunca é demais. Se você já conta com o espanhol ou o inglês, parta para o alemão, italiano e línguas não tão exigidas no mercado, mas que fazem diferença.

Diferencial garante emprego

PUBLICIDADE

A partir das atividades acima você garante o seu diferencial no mercado de trabalho. Esta palavra é essencial para quem pretende conquistar o sucesso profissional e o lugar ao sol dentro da empresa em que irá atuar.

Além disso, é preciso se atualizar sempre, mantendo-se ligado nas novidades da sua área de atuação. Afinal, o mercado de trabalho seleciona apenas profissionais reciclados.