MP do Salário Mínimo

Dilma prorroga alta real do salário mínimo; novo decreto vai até 2019

A MP (Medida Provisória) assinada hoje prevê a correção de 2015 até 2019

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O governo prorrogou a vigência da política atual de reajuste real do salário mínimo, que continua a ser calculado com correção a da inflação mais variação do PIB de dois anos anteriores. “É um momento especial e agradeço aos parlamentares. A valorização do salário mínimo beneficia um conjunto imenso de trabalhadores, para que tenham acesso aos bens e condições mínimas de vida”, disse Dilma Rousseff ao assinar a medida provisória.

A MP (Medida Provisória) assinada hoje prevê a correção de 2015 até 2019. Em Brasília, Dilma discursou, mostrando confiança na economia e na política de valorização. “Esse País tem uma economia sólida, não temos nenhum desequilíbrio. O País está passando por uma dificuldade conjuntural”, afirmou a presidente – após alguns setores conservadores pedirem a estagnação da correção real. 

Durante o primeiro governo Dilma, o reajuste do salário mínimo foi de cerca de 70%. “É importante o Brasil continuar com a política de valorização do salário mínimo, o crescimento econômico não se dá em detrimento do trabalhador e não se dará com a redução das políticas sociais”, afirmou. A MP deverá valer como lei e vigorar por 120 dias. O Congresso deve vota-lá em até 45 dias. 

PUBLICIDADE