Dilma diz que enviará política de reajuste do salário mínimo ao Congresso

De acordo com a presidente, a política deve garantir que o salário tenha um reajuste acima da inflação

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A presidente Dilma Roussef afirmou nesta quarta-feira (2) que enviará ao Congresso Nacional uma proposta de política de reajuste do salário mínimo.

O objetivo, segundo Dilma, é estabelecer regras que garantam que o salário mínimo recupere seu poder de compra e seja compatível com a capacidade financeira. A política deve garantir que o reajuste seja acima da inflação.

“Este é um pacto deste governo com os trabalhadores”, afirmou a presidente, segundo a Agência Brasil.

Aprenda a investir na bolsa

Política de reajuste
A Força Sindical cobra que o governo, junto com a medida provisória do salário mínimo, envie ao Congresso Nacional a formalização da política de valorização do piso salarial com base na variação do PIB (Produto Interno Bruto).

“Queremos que a presidenta Dilma mande na medida provisória o atual acordo, a inflação mais o PIB do ano anterior. Queremos que ela coloque essa política na medida provisória que será enviada ao Congresso para que possamos aprová-la e ter validade para os quatro anos”, disse, disse o presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva.

Nesta quarta, após reunião entre o sindicato e o ministro da Fazenda, Guido Mantega, Paulinho afirmou que o ministro pede que os sindicalistas aceitem o salário mínimo de R$ 545.

Mantega argumenta que o salário mínimo acima dos R$ 545 seria visto como gasto e criaria expectativa de mais inflação pelo mercado.