Dia-a-dia: dicas de como cortar gastos

Faça refeições em casa, alugue DVDs e repense seu hábito de direção. Economizar nas coisas simples faz com que o mês acabe antes que seu salário

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Contas, contas e mais contas. Quando o salário acaba e o mês mal começou, é bom tomar medidas para que você não “quebre” e tenha que pedir empréstimos com juros exorbitantes.

Abdicar de algumas coisas no dia-a-dia pode parecer um sacrifício, mas pagar futuras dívidas é muito mais complicado. Por isso, cortar gastos que não são essenciais são sempre a melhor opção. Veja abaixo dicas simples para diminuir suas despesas e conseguir que seu salário termine depois do mês.

Refeições

Um “pingado” e um pão na chapa em qualquer padaria além de serem gostosos, têm um preço acessível. Mas você já parou para pensar que o barato pode sair caro no final do mês? Imagine que você gaste R$ 3 diários com o café da manhã. Ao final do mês, acumulará R$ 60, o que pode ser poupado se você fizer a refeição em casa.

Aprenda a investir na bolsa

Preparar e levar comida para o trabalho ou escola. Isso significa fazer um lanche, escolher algumas frutas ou cozinhar o que você deseja comer. Além de ser mais barato, você ainda terá uma alimentação mais saudável, afinal é difícil não cair na tentação e comer um rápido cachorro quente ou salgado.

Cultura

Ler é essencial em qualquer fase da vida. Mas os livros novos exigem um bom investimento, que pode ser poupado. Quantos deles você já comprou e sequer conseguiu ler inteiro? Por isso, a melhor opção é alugar um livro em bibliotecas públicas ou comprá-los em sebos.

Os cinemas estão cada vez mais caros. Se você decidir comprar pipoca e um refrigerante, o gasto sobe ainda mais e pode chegar a R$ 25. Para economizar, ao invés de ir ao lançamento de um filme, por que não alugar um DVD e curtir com os amigos? Assim, você gastará em média R$ 5 nos DVDs que lançaram a pouco tempo nas locadoras. O dinheiro restante pode ser usado para compra de pipocas e refrigerantes.

Direção

Manter um carro já é caro, mas o gasto pode aumentar para quem dirige em alta velocidade e adora acelerar. Isso porque, quanto mais se corre com o veículo, mais se gasta com o combustível, freio e pneus. Além disso, existe o risco de acidentes e batidas, nos quais os prejuízos são maiores.

Para diminuir as contas com os carros, opte por ir aos lugares de bicicleta, a pé ou de carona. Faça rodízio com os colegas que moram perto de sua casa: cada dia um se responsabiliza por levar o outro e cada um arca com as despesas do próprio carro.

Diversão

Na hora de fazer o happy-hour com os amigos da faculdade ou do trabalho, além das bebidas, nos bares, fica difícil resistir às porções e petiscos. Por isso, para economizar, vale fazer reuniões na casa de alguém. A bebida pode ser comprada em adegas, local em que são mais baratas, e os petiscos, no próprio supermercado.

PUBLICIDADE

Sem diversão ninguém quer ficar, e não deve! Mas pense quanto tempo você gasta na sua casa. Será que é necessário ter todos os canais da TV a cabo ou fazer um plano mais simples? Os gastos com lazer não precisam ser eliminados, mas devem ser melhor administrados, visando conciliar o seu bem estar e o seu bolso.

Compras

Pesquisar é a palavra-chave na hora de comprar. Mesmo que isso leve bastante tempo, é melhor do que se arrepender e consumir algo que está em promoção na loja ao lado e você deixou de passar nela por preguiça.

Além disso, aproveite todas as promoções, mesmo que seja de alguma marca desconhecida, para que você experimente novos produtos. Assim, você não se privará de consumir, mas evitará gastos desnecessários.