Desempregado? Intercâmbio melhora o inglês e pode ser fonte de renda!

As opções de emprego são as mais variadas: vão de vagas em restaurantes a hotéis e estações de esqui

SÃO PAULO – Se você está desempregado, viajar para ganhar um dinheiro e aperfeiçoar o inglês em um intercâmbio pode ser a solução.

As opções são as mais variadas para jovens de 18 a 28 anos. Uma delas oferece a chance de participar do programa Trabalho de Férias nos Estados Unidos. Entre um teste de inglês, a taxa de inscrição e o programa, o interessado desembolsa algo em torno de US$ 1.460.

Experiência

“Quem participa do programa adquire a experiência em morar sozinho, cuidar do próprio dinheiro e melhora a fluência no Inglês”, diz Gilese Mainardi, supervisora do Programa de Estágio da Central de Intercâmbios.

PUBLICIDADE

Em compensação, o intercambista mora com pessoas do mundo todo, aprende sobre a cultura local e ainda recebe o salário em dólar. As vagas são oferecidas por restaurantes de fast-food, bares, lojas, salva-vidas, hotéis e até estações de esqui.

Quem se interessou pela oportunidade precisa ficar atento em meses que antecedem férias. Vagas estão em cassinos, até restaurantes e estações de esqui.

Onde trabalhar?

A escolha do país é muito importante nessa decisão. É necessário levar em conta, além do idioma da sua preferência, as leis para a recepção de estrangeiros, possibilidades de trabalho, condições de vida que mais se adequem ao seu perfil etc.

As possibilidades de trabalho devem ser analisadas junto às condições para exercer a atividade. O desemprego pode ser a porta de entrada para esta nova experiência, mas não se esqueça de que terá que ganhar dinheiro no exterior.

Isso porque você já deve planejar sua volta. Com o que se sustentará ao voltar para o Brasil? Conseguirá ajuda de familiares ou do cônjuge? Planeje-se antes e durante para garantir o depois da viagem. Boa sorte!