Depósito dos expurgos do FGTS pode atrasar

Devido ao limite no número de compensações diárias, calendário de pagamento dos expurgos não será respeitado, atraso pode chegar a dois meses

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Devido ao limite no número de compensações bancárias por dia, que atualmente é de 400 mil, é provável que muitos dos trabalhadores, que esperavam receber os depósitos dos expurgos referentes aos Planos Verão e Collor 1 desde o último dia 11 de junho, tenham que esperar um pouco mais.

Isto porque das 400 mil compensações diárias cerca de 350 mil são feitas pela Caixa, que está transferindo os saldos das contas do FGTS para os bancos. Desta forma, para só é possível transferir o equivalente a R$ 1,75 milhão por semana, mas como o total a ser creditado chega a R$ 16 milhões, serão necessárias nove semanas, ou dois meses, para efetuar todas as compensações. Desta forma, para os trabalhadores que planejavam ter acesso ao dinheiro já no último dia 11 de junho talvez seja preciso esperar até agosto.
Atraso gerou corrida às agências

Diante do atraso no recebimento dos depósitos, já que dos nove milhões de trabalhadores previstos para receber os pagamentos, apenas um terço efetivamente recebeu o dinheiro, houve uma corrida às agências da Caixa. Buscando obter informações do porque não receberam os depósitos de acordo com o calendário divulgado pela própria Caixa, muitos trabalhadores optaram por usar os telefones de atendimento, que chegaram a receber 300 mil ligações em um só dia!
Diante do congestionamento nos serviços de atendimento aos trabalhadores, a Caixa optou por estender o horário de funcionamento das agências, assim como passou a pedir aos trabalhadores que telefonem para o serviço 0800-550101 antes de se dirigir às agências. Contudo, ao seguir estas instruções o trabalhador é informado que deve aguardar mais uma semana para obter a informação sobre quando receberá seu dinheiro, o que acaba levando muitos a optarem pela visita às agências.
Cheque se saldo está disponível

Aprenda a investir na bolsa

Se você não quer ficar nervoso, e não está disposto a passar horas na fila de espera das agências da Caixa para ser informado que seu depósito ainda não foi feito, então a recomendação é que tente checar através dos seguintes sites (
www.caixa.gov.br,www.fgts.caixa.gov.br ou www.mte.gov.br) se o seu dinheiro já está disponível, e só então se dirija a uma das agências ou postos da Caixa.
No total são 67 postos de atendimento da Caixa espalhados por 23 estados, além de 800 agências que já trabalham em regime de horário especial, que inclui atendimento aos sábados. No site da instituição você encontra maiores informações sobre a Rede de atendimento da Caixa, ou se preferir clique aqui .
Checando o calendário

Para checar o calendário inicialmente previsto pela Caixa para efetuar os pagamentos dos trabalhadores com até R$ 1 mil a receber, dê uma olhada na tabela abaixo.





























PUBLICIDADE



















A partir deQuem recebeTrabalhadores beneficiadosNº de contasValores (R$ milhões)
11 de junhoTrabalhadores que indicaram conta corrente5.421.66316.264.9891.386
19 de junhoTrabalhadores cujos empregados estão no convênio FGTS-Empresa1.800.0005.400.0000,460
26 de junhoNascidos em janeiro, fevereiro e março1.670.2595.010.7770,427
3 de julhoNascidos em abril, maio e junho1.670.2595.010.7770,427
11 de julhoNascidos em julho, agosto e setembro1.670.2595.010.7770,427
17 de julhoNascidos em outubro, novembro e dezembro1.670.2615.010.7830,428
Totais13.902.70141.708.1033.555

Fonte: Caixa Econômica Federal