Custo de vida: São Paulo e Rio são as cidades que mais subiram no ranking

Metrópoles brasileiras continuam com baixo poder de compra, embora a economia do País tenha apresentado melhora

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – De acordo com a pesquisa Prices and Earnings (equivalente a “Preços e Salários”), realizada pelo banco UBS e divulgada nesta quarta-feira (09), as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, no Brasil, e Santiago, no Chile, foram as que apresentaram maior variação no custo de vida quando comparadas à edição anterior da análise (2003).

Embora estes países tenham apresentado crescimento econômico, a depreciação da corrente reduziu o poder de compra destes consumidores quando comparados aos consumidores das cidades da América do Norte.

Este fator fez aumentar ainda mais a barreira de poder de compra entre os países do Norte e os do Sul da América.

As mais caras

Aprenda a investir na bolsa

Oslo (Noruega), Londres (Inglaterra), Copenhagen (Dinamarca), Zurique (Suíça) e Tóquio (Japão) foram apontadas como as cidades mais caras do mundo.

Os asiáticos são os que mais trabalham. Em análise de carga horária, chegam a trabalhar um proporcional de 50 dias a mais na comparação com os países do Leste europeu que possuem uma jornada de 42 horas semanais. Na média anual, os asiáticos trabalham cerca de 2088 horas.

Todavia, as cidades onde a população tem os melhores salários e o maior poder de compra são Zurique e Genebra, seguidas por Dublin, Los Angeles e Luxemburgo.

Quantos minutos de trabalho por um Big Mac?

Para simbolizar a variável custo de vida, analisando preços e salários, os pesquisadores apontam quanto tempo de trabalho é preciso para que, com o salário correspondente a este período, seja possível comprar um Big Mac.

Em Nairobi, no Quênia, é preciso o salário de uma hora e meia de trabalho para que o trabalhador consiga comprar o sanduíche número 1 do da rede da fast food.

Já nas cidades norte-americanas de Los Angeles, Nova York, Chicago e Miami, o tempo máximo de trabalho necessário para comprar o sanduíche é de quinze minutos.

PUBLICIDADE

No Brasil, em São Paulo o trabalhador precisa de 38 minutos de trabalho, enquanto que no Rio de Janeiro são necessários 53 minutos. A média mundial ficou em 35 minutos.

Ranking

Na tabela abaixo é possível conhecer, entre as 71 cidades analisadas, as 5 mais caras, os 5 locais com os melhores salários e os 5 municípios com maior poder de compra. As posições de São Paulo e Rio de Janeiro também estão destacadas:










































CustoSalárioPoder de Compra
1OsloCopenhagenZurique
2LondresOsloGenebra
3CopenhagenZuriqueDublin
4ZuriqueGenebraLos Angeles
5TóquioNova YorkLuxemburgo
São Paulo42º43º42º
Rio de Janeiro43º50º52º

PUBLICIDADE