Curso de liderança pode abrir portas na busca por um novo emprego

Para os profissionais mais seniores, cursos que relacionam liderança e estratégia de negócios são os mais indicados

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Ter um curso de liderança no currículo pode abrir portas na busca por um novo emprego. Ao menos esta é a opinião da gerente de recursos humanos da Personal Service, Alexandra Visconti Morgado.

Contudo, diz ela, o curso deve estar alinhado com os objetivos do profissional. “Antes de buscar por um curso de liderança, a pessoa tem que definir um plano de carreira para saber aonde quer chegar (…) Para fazer este tipo de curso, o profissional não precisa estar à frente de uma equipe, mas é interessante que já tenha algum tempo de experiência no mercado”, explica.

Como funciona?
No geral, os cursos focados no desenvolvimento da liderança realizam um trabalho de autoconhecimento, fazendo com que seus alunos consigam perceber de que forma exercem o papel de líder, seus pontos positivos e suas deficiências, possibilitando melhorar estas últimas.

PUBLICIDADE

Para Alexandra, este tipo de experiência é totalmente válida, visto que a entrega de resultados de uma equipe passa pela maneira como essas pessoas são lideradas. Por outro lado, observa a especialista, a liderança é um processo de aplicação. “Você só se torna um bom líder praticando”.

Existem no mercado diversos formatos de cursos de liderança e, a grosso modo, aqueles focados exclusivamente nas habilidades comportamentais são mais voltados para os novos líderes ou profissionais prestes a assumir pela primeira vez um cargo de liderança.

Profissionais seniores
Para os profissionais mais seniores, os cursos que relacionam a liderança e a estratégia de negócios de maneira mais aprofundada são os mais indicados.

Para o coordenador dos cursos de Educação Executiva do Insper, Rodrigo Amantea, a liderança deve assumir características distintas, de acordo com o negócio, sendo que, em cursos para este perfil de profissional, as habilidades comportamentais devem ser trabalhadas juntamente com o estilo de liderança para cada estratégia, desenvolvendo assim a capacidade de liderar pessoas de forma mais efetiva.

Este é o caso por exemplo do curso Liderança Estratégica de Pessoas, do Insper, que tem duração de 60 horas, ocorrendo entre os meses de abril e julho.

Outras opções interessantes, voltadas para o público em geral, são os cursos de liderança oferecidos pelo Senac-SP (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) e pelo Sebrae (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).