Críticas ou sugestões: qual a melhor forma de apresentá-las ao seu chefe?

Você sabe qual a "deixa" para iniciar uma conversa com o seu chefe? Primeiro, é preciso conhecê-lo melhor

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A palavra chefe é famosa e traz certa insegurança para algumas pessoas. Dependendo de quem está “acima” de você na chamada hierarquia, esta relação pode ser tranqüila, ou complicada.

Para quem está na primeira alternativa e tem no seu superior um parceiro de trabalho, ótimo! Já para os que se enquadram na segunda condição, bom senso é a palavra de ordem!

Que tal um pouco de tato?
Use de toda a sua sensibilidade para perceber o melhor momento de abordar o seu chefe: ele está ocupado? Mal humorado? Para isso, nada melhor do que conhecê-lo bem.

PUBLICIDADE

Acompanhe sua forma de trabalhar e suas reações no dia-a-dia. Aos poucos, você poderá captar as “vibrações” de longe!

Inovar ou revolucionar?
Os dois termos, parecidos, podem ter uma conotação bem diferente no ambiente de trabalho, principalmente para o seu chefe, dependendo da forma como você expõe suas idéias: você pode inovar, sugerindo melhorias, novos processos ou contatos, mas também pode “revolucionar” (do lado negativo), reivindicando direitos, aumento de salário, criticando “falhas” em diferentes segmentos e etc.

Por isso, é importante ter bom senso na abordagem. Confira as sugestões abaixo:

  • Pense na repercussão – exponha suas idéias, colocando-se na posição de quem ouve; lembre-se que tudo o que for dito terá um efeito; portanto, organize seus pensamentos, antes de dizer tudo o que vem à mente!
  • Evite a agressividade – evite ser agressivo ou fazer críticas “inflamadas” sobre determinado processo. Afinal, embora contenha falhas, o projeto exigiu trabalho e envolvimento de pessoas, que podem estar muito próximas de você
  • Escolha o momento certo – uma boa ocasião faz toda a diferença. Acompanhe e analise o comportamento do seu chefe: isso lhe dará subsídios para encontrar a melhor hora de falar com ele e a forma ideal de abordagem
  • Seja humilde – tudo bem, sua idéia é mesmo muito boa! Mas, contenha-se e aguarde os elogios; segure a decepção, caso eles não venham…
  • Esteja pronto para tudo – A reação pode ser boa…ou não! Você pode estar envolvido demais pela sugestão, que pode não “emplacar”. Prepare-se para isso.
  • Compreenda seu chefe – Tenha consciência de que, assim como você está sujeito à pressão no trabalho, o mesmo acontece com o seu chefe. Procure compreendê-lo melhor!