Crescimento do emprego poderá cair a zero neste ano, prevê OIT

Organização prevê que, em 2009, o índice de crescimento do emprego fique entre 1% e 0%, em todo o mundo

SÃO PAULO – A OIT (Organização Internacional do Trabalho) prevê que, neste ano, o crescimento do emprego possa cair para zero em todo o mundo. Segundo as novas projeções, divulgadas na última quinta-feira (28), o índice de crescimento deverá ficar entre 1% e 0%, após ter diminuído 1,4% no ano passado.

Além disso, a organização ressalta para o fato de que o desemprego possa aumentar em 2009, assim como o número de trabalhadores pobres e com subempregos. Para 2010, a previsão é de que haja 239 milhões de pessoas sem emprego, com uma taxa entre 6,5% e 7,4%, de acordo com a Agência Brasil.

Regiões

Nas economias desenvolvidas da União Europeia, a previsão é mais pessimista, já que a região deverá enfrentar uma contração no emprego entre 1,3% a 2,7%. A região deverá responder por 35% a 40% do aumento total do desemprego. Porém, deve-se levar em conta que o local responde por apenas 16% do total da força de trabalho do mundo. Na Europa Central, o número de desempregados poderá aumentar 35% neste ano.

PUBLICIDADE

Na Ásia e no Pacífico, espera-se um aumento pequeno no nível de desemprego, apesar dos trabalhadores e empresas de exportação terem sido fortemente afetados pela crise econômica. No Oriente Médio, a previsão é de que o desemprego aumente 25% neste ano, enquanto na África Setentrional a previsão é de um crescimento de 13%.

Já na América Latina, a expectativa é de que a taxa de desemprego suba de 7,1% em 2007, para entre 8,4% e 9,2% neste ano.