Cresce número de profissionais estrangeiros autorizados a atuar no Brasil

Autorizações de trabalho permanente emitidas pela CGIg registraram crescimento de 17,5% nos nove primeiros meses de 2011

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Se, por um lado, os profissionais brasileiros consideram em determinado momento da carreira conquistar uma posição no exterior, por outro, a quantidade cada vez maior de profissionais estrangeiros chegam ao Brasil para trabalhar.

As autorizações de trabalho permanentes emitidas pela CGIg (Coordenação Geral de Imigração), do MTE (Ministério de Trabalho e Emprego), registraram crescimento de 17,5% nos nove primeiros meses de 2011, frente ao mesmo período de 2010.

Entre janeiro e setembro deste ano, as autorizações para executivos integrantes de direção de empresas no Brasil tiveram crescimento de 36,7%. Também foi verificada alta nas autorizações para estrangeiros investidores pessoa física em atividade no Brasil, de 19,4%, no período. Esse tipo de autorização vinha mostrando queda em períodos anteriores, de acordo com o CNIg.

Aprenda a investir na bolsa

Bom momento brasileiro
Para o coordenador-geral de imigração e presidente do CNIg (Conselho Nacional de Imigração), Paulo Sérgio Almeida, o crescimento das autorizações permanentes reflete o bom momento vivido pelo Brasil.

“O número maior de autorizações para executivos é decorrente do aumento do número de empresas de capital estrangeiro no Brasil e os investidores reforçam a percepção do Brasil como um bom local para investir suas economias”, analisa Almeida.

De acordo com a CGIg, foram concedidas 51.353 autorizações de trabalho nos nove primeiros meses deste ano. Dessas autorizações, 96% foram concedidas a estrangeiros com contrato de trabalho temporário no Brasil.

Os estrangeiros chegam ao País para trabalhar em diversos segmentos, como assistências técnicas ou transferência de tecnologia, em embarcações de turismo estrangeira autorizada a operar no Brasil e também como artistas em eventos brasileiros. Neste último caso, o aumento de profissionais estrangeiros com autorização de trabalho temporário aumentou, por conta de grande eventos, como o Rock in Rio.

Almeida pontua que esses profissionais contribuem com o desenvolvimento de projetos no Brasil, focados nas áreas industrial, de infraestrutura e tecnologia.

“A imensa maioria vem de forma temporária, implementam um projeto que, em geral, gera muito mais empregos a brasileiros e ainda transferem seu conhecimento aos trabalhadores do Brasil. De forma menos intensa está ligada à falta de profissionais qualificados em alguns setores como no caso da engenharia”, analisa Almeida.

PUBLICIDADE