em um asilo na itália

Corrupto: Berlusconi é condenado a cumprir um ano de serviços comunitários

A decisão vem oito meses depois que o ex-primeiro-ministro da Itália recebeu sua primeira condenação definitiva

SÃO PAULO – A corte italiana condenou o ex-primeiro-ministro do país, Silvio Berlusconi, a cumprir um ano de serviços comunitários em uma residência para idosos deficientes. Segundo o jornal The Guardian, Berlusconi foi condenado por fraude fiscal da empresa de telecomunicação Mediaset.

A decisão do tribunal em Milão vem oito meses depois que o líder bilionário da Forza Italia, maior partido de centro-direita da Itália, recebeu sua primeira condenação definitiva em duas décadas de brigas judiciais.

Segundo o Juiz, Berlusconi vai trabalhar uma vez por semana e por um período inferior a quatro horas consecutivas. Em comunicado, os advogados do político descreveram a decisão como “equilibrada e satisfatória”.

PUBLICIDADE

A pena inicial era de quatro anos de prisão por fraude, mas foi reduzida por uma anistia. Ele também foi proibido de ocupar cargos públicos por dois anos e foi expulso do senado italiano.

Berlusconi, no entanto, nega todas as acusações de fraude e insiste em dizer que é vítima de “perseguição de esquerdistas.”