Contratações via headhunter visam aos altos postos. Saiba chamar a atenção

O <i>headhunter</i> é um profissional especializado em caçar talentos, confira as dicas para conseguir um bom emprego

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A maioria das contratações via consultoria headhunter é para postos altos: presidente, gerente geral, coordenador, supervisor, chefe e consultor de empresas. O fato foi constatado em uma pesquisa realizada pela Catho.

O índice mais alto diz respeito ao cargo de presidente ou gerente geral (10,71%). Consultor de empresas ficou em segundo lugar, com 10%, seguido por coordenador, supervisor ou chefe (9,06%) e gerente (8,63%).

Outros cargos em que há incidência de contratação por meio de consultoria headhunter são: estagiário (7,77%), trainee e recém-formado (7,27%), profissional especializado (7,17%), geral (6,18%), cargo administrativo (4,21%), consultor independente (3,85%) e cargo operacional (3,02%).

Como chamar a atenção de um headhunter

Aprenda a investir na bolsa

O headhunter é um profissional especializado em caçar talentos e um dos meios que ele utiliza é a Internet. Por isso, é aconselhável que você disponibilize na rede apenas conteúdos que o beneficiará. Desde artigos publicados até um currículo bem elaborado.

Mas cuidado com sites de relacionamento: as pessoas podem passar imagens negativas de si mesmas, caso não tenham cuidado com o que escrevem e com as comunidades virtuais que escolhem.

No dia-a-dia da empresa, por sua vez, mantenha uma boa rede de contatos, seja acessível para todas as pessoas que o conhecem e sempre faça novos colegas.

O que ele procura

Este tipo de caça-talento gosta de pessoas informadas e que saibam o que acontece no País e nas empresas. Por isso, não perca tempo e leia muitos jornais e revistas.

Outra boa idéia é escrever para publicações especializadas. Por meio delas, o headhunter costuma buscar nomes. Por fim, participe de congressos, feiras, simpósios, associações profissionais e eventos referentes à sua área.