Varejo

Contratações no comércio de SP crescem 3,3% em julho

Número de empregados passou de 986.749 em junho para 982.593 em julho e registra saldo positivo de 4.256 vagas.

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O número de contratações do comércio varejista da Região Metropolitana de São Paulo registrou crescimento de 3,3% em julho, na comparação com o mesmo mês de 2011. É o que revela um levantamento divulgado pela Fecomercio-SP (Federação do Comércio do Estado de São Paulo).

O número de empregados passou de 986.749 em junho para 982.593 em julho e registra saldo positivo de 4.256 vagas. Os dados são baseados no Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego).

Entre junho e julho, o saldo de empregados formais no comércio aumentou em 300 vagas, sendo 46.490 admitidos e 42.234 demitidos.

PUBLICIDADE

De acordo com a assessoria técnica da Fecomercio-SP, embora o comércio varejista continue admitindo mias que demitindo, a tendência de desaceleração no ritmo de contratações na comparação interanual é nítida.

Rotatividade
Os dados indicam ainda que a taxa de admitidos cresceu 4,7% em julho, o mesmo registrado em junho. Por outro lado, a taxa de demissões subiu, passando de 4,3% para 4,6% no mesmo intervalo. Com isso, a rotatividade no comércio geral ficou em 4,5% em julho.

O setor que encerrou abril com a maior taxa de rotatividade foi o de Vestuário, Tecidos e Calçados (5,8%), seguido por Supermercados (5,0%). Estes setores também foram os que mais contrataram em julho, apresentando alta de 6,1% em Vestuário, Tecidos e Calçados e 5,3% em Supermercados.

Expectativa
Ao analisar o cenário futuro, a Assessoria Técnica da Fecomercio-SP aponta que os medidores de intenção de consumo e de novos investimentos dos empresários se mantêm no campo de otimismo.

“Tudo indica que este cenário de maior absorção de mão-de-obra formal tenda a se manter no segundo semestre do ano, principalmente levando-se em consideração a intensificação sazonal de contratações para as vendas de final de ano”.