Contratações de executivos no mercado financeiro devem crescer 25% em 2011

As áreas que devem se destacar, de acordo com a Fesa, são as de seguro e as de meios de pagamento

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A contratação de executivos para o mercado financeiro deve crescer cerca de 25% em 2011, em relação a 2010, segundo prevê a Fesa – empresa especializada em recrutamento de altos executivos.

As áreas que devem se destacar, de acordo com o diretor da Fesa, Ricardo Amatto, são as de seguro e as de meios de pagamento, nos dois casos, por forte influência da ascensão da classe C.

Os bancos de investimento e os bancos comerciais também devem continuar em destaque. Por outro lado, as corretoras devem crescer em ritmo bem menor ao apurado no ano passado.

Aprenda a investir na bolsa

2010
Apesar da projeção de crescimento, cerca de cinco vezes superior à estimativa do PIB (Produto Interno Bruto), a contratação de executivos em 2011 deve ser menos intensa à observada em 2010, que ficou em torno de 104%.

“O crescimento de 2010 ocorreu porque em 2009 a base foi bem menor, por conta da crise financeira. Agora, este ano, a base é bem maior, mas, mesmo com a desaceleração, o crescimento estimado é positivo, cerca de cinco vezes o que se espera para o PIB”.

Quais áreas se destacaram?
Assim como deve ocorrer em 2011, no ano passado, a área de seguros foi uma das mais demandadas, com crescimento de 143%.

Em seguida, está o mercado de corretoras e bancos de investimentos, com 100% de alta. Por fim, devido ao término do duopólio entre as credenciadoras, que trouxe mais empresas estrangeiras a se estabelecer no Brasil, aparece a área de meios de pagamentos, com crescimento de 57% nas contratações de executivos.