Consulta sobre período de férias pode se tornar obrigatória ao empregador

Projeto facilitará marcação de férias pelos trabalhadores, que serão consultados sobre o melhor período para gozar do benefício

SÃO PAULO – Os trabalhadores brasileiros regidos pelo sistema CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) poderão opinar sobre o melhor período para gozar de suas férias. A proposta faz parte do projeto de lei 369/11, de autoria da senadora Ana Rita (PT-ES) e, se aprovada, tornará obrigatória a consulta por parte do empregador.

De acordo com a Agência Senado, o projeto favorecerá tanto o empregador quanto o empregado, já que a consulta do período atenderá as necessidades de ambos.

Apenas na hipótese de não haver concordância, caberá ao empregador fixar o período das férias. A decisão, no entanto, deverá ser fundamentada e o trabalhador, comunicado formalmente, com antecedência mínima de um mês.

PUBLICIDADE

Como funciona
Pela legislação atual, o período de férias não precisa atender ao interesse do empregado, mas é comum que patrões e trabalhadores entrem em acordo sobre o tema.

No momento, o projeto aguarda designação do relator na CAS (Comissão de Assuntos Sociais), onde receberá decisão terminativa.