Carreiras

Conhecer novas regras de ortografia é diferencial ao concorrer a uma vaga

Segundo uma pesquisa realizada pelo Nube, 18,30% dos estudantes não têm conhecimento sobre as mudanças na língua

businessmen on start line of running track, low angle view, side view
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Um levantamento realizado pelo Nube (Núcleo Brasileiro de Estágios) revelou que 47,19% dos estagiários já estudaram as novas regras do acordo ortográfico da Língua Portuguesa.

Outros 34,50% disseram que conhecem as novas regras, mas não sabem aplicá-las no dia a dia. Já 18,30% declararam que não têm conhecimento sobre as novas regras e que ainda vão estudá-las.

Mas, afinal, por que é tão importante que os estudantes tenham conhecimento sobre as mudanças na Língua Portuguesa?

Aprenda a investir na bolsa

Segundo a coordenadora de Treinamentos Internos do Nube, Eva Samanta Buscoff, saber as novas regras é um diferencial durante o processo seletivo. “Durante o processo, as empresas aplicam testes que abrangem a gramática. Os empregadores querem pessoas que saibam falar bem e escrever, afinal, o profissional é o cartão de vista da empresa”, explica.

Ela complementa que não adianta o estudante ter conhecimento em outros idiomas, como inglês e espanhol, se, quando for se comunicar em português, ele comete erros simples, mas que demonstram despreparo. “Os erros aparecem em um e-mail ou ao entregar um documento”.

Currículo
A especialista acrescenta ainda que as empresas começam analisar os candidatos ainda pelo currículo, por isso, os estudantes devem ficar atentos também ao português. “As regras entrarão [oficialmente] em vigor no próximo ano, por isso, é importante atualizar o currículo ainda no final do ano”, diz Eva.

Questionada se os empregadores ficam mais atentos em relação ao português em determinadas áreas, a coordenadora explica que a preocupação é geral e não existe uma área específica com a qual a empresa se preocupa mais.

Segundo ela, todos os profissionais da empresa devem saber se comunicar corretamente, o que inclui as novas regras ortográficas. “A comunicação é um desafio, por isso, é importante se aprimorar sempre”, finaliza.