Conhecer diferentes áreas da empresa pode alavancar sua carreira

De acordo com especialista, o job rotation aumenta a chance da pessoa ser promovida ou suceder alguém em alguma função

SÃO PAULO – Em programas de estágio e trainee é muito comum que os profissionais contratados e estagiários atuem em diferentes áreas dentro da empresa por período determinados. A ação denominada de job rotation visa identificar os talentos dentro das organizações.

Para o gestor de carreira da empresa de recursos humanos Global Network, Sidney Zenobio, o job rotation é uma tendência que deverá ganhar mais espaço no meio corporativo.

“Permitir que profissionais com outro perfil participem do job rotation, como os que já são graduados e trabalham na organização há algum tempo, acarreta vantagens para a empresa e para o colaborador, desde que a implantação seja feita de forma adequada”, alerta.

PUBLICIDADE

Segundo o especialista, para que a iniciativa seja uma experiência positiva e principalmente proveitosa, a empresa tem de ser transparente e deixar bem claro todos os aspectos do programa a todos os colaboradores, principalmente para os que vão receber o colega “visitante”, já que eles podem se sentir ameaçados.

“Um líder de cada área deve ser designado para ficar responsável pelos participantes do job rotation. Ele deve apresentar ao novo colaborador quem trabalha no setor, quais são as atividades desenvolvidas, planejar atividades e apresentar relatórios sobre o processo no final do programa”, aponta.

Vantagens
Atuar em outras áreas da empresa tem como principal vantagem aumentar o conhecimento do profissional, já que este terá visões diferentes da empresa. De acordo com Zenobio, ao entender todo o processo de funcionamento da empresa, aumentam as chances da pessoa ser promovida ou suceder alguém em alguma função.

“O ideal é escolher colaboradores com potencial para desempenhar outros cargos, atuar em outras áreas e que queiram participar do processo para que o job rotation seja proveitoso. A vantagem para a companhia é a possibilidade de obter talentos e investir no crescimento de um colaborador que já está acostumado com a cultura organizacional da empresa”, finaliza.