Conheça os tipos de visto para estrangeiros que pretendem trabalhar no Brasil

Profissionais com visto de negócios não têm permissão para trabalhar no Brasil, apenas para participar de encontros

SÃO PAULO – No Brasil, estrangeiros podem trabalhar regularmente, mas, para tal, o profissional deve ter um dos seguintes tipos de visto: visto permanente, visto temporário com contrato de emprego com uma empresa local e visto temporário sem contrato de emprego com uma empresa local, mas mediante acordo entre uma companhia brasileira e outra estrangeira.

Os profissionais com um visto de negócios não têm permissão para trabalhar no Brasil, apenas para participar de encontros de negócios, reuniões e seminários, de acordo com a Deloitte, empresa de prestação de serviços profissionais, como a consultoria em capital humano.

Lembretes importantes

Ainda é importante notar que o visto é requisitado apenas por uma empresa local. Isso significa que não é permitido ao profissional trabalhar em uma organização diferente, a menos que ele obtenha um novo visto ou uma autorização especial.

PUBLICIDADE

As pessoas com visto permanente, entretanto, podem mudar de empresa, desde que essa companhia seja parte do mesmo grupo econômico, como joint ventures.

Se o estrangeiro permanece mais de cinco anos trabalhando para o mesmo empregador, o visto perde sua ligação com a empresa local. Conseqüentemente, o profissional deve fazer o requerimento do visto permanente, sem restrições de imigração.

Familiares

Os parentes do estrangeiro que vierem com ele, incluindo o parceiro ou a parceira que não vem a trabalho, terão de pedir um visto especial, ligado a essa pessoa. Assim, se o profissional tiver de deixar o País, seu parceiro ou sua parceira terá de deixá-lo também.

Se, por uma razão inesperada, os familiares tiverem de permanecer no Brasil, o profissional deverá fazer o requerimento de um novo visto para as autoridades brasileiras de imigração.