Conheça o sucesso de mulheres que lideram distribuidoras de bebidas

Em um ambiente tradicionalmente masculino, as executivas ultrapassam barreiras e mostram bons resultados nas empresas

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O setor de distribuição de bebidas, tradicionalmente dominado pelos homens, tem mostrado uma nova forma de gestão, focada na valorização de pessoas e resultados duradouros. O segredo? Ter mulheres em cargos de liderança.

Das 150 revendas parceiras da Confenar (Confederação Nacional das Revendas Ambev e das Empresas de Logística da Distribuição), apenas cinco são lideradas por mulheres.

Pode parecer pouco, afinal, os casos atingem apenas 3,33% de representação. Porém, essas cinco executivas que comandam a comercialização de cervejas em organizações espalhadas por todo o País são responsáveis por resultados ousados e que trouxeram muitos benefícios para a empresa.

Aprenda a investir na bolsa

Jogo de cintura: bebê transportado em caminhão
A distribuição e venda das bebidas para a região de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, é uma das responsabilidades de Adriana Neves, diretora administrativa financeira da Conebel (Comercial Neves de Bebidas).

A empresária começou a trabalhar quando tinha 14 anos na revenda da família, acumulando experiência em todas as áreas até alcançar o cargo de gestão. Junto com dois sócios, Adriana comemora as conquistas do negócio, que vem ganhando volume e participação a cada ano.

Sua trajetória de sucesso contou com desafios cotidianos, já que a maternidade levou a executiva a tomar algumas atitudes para equilibrar o cuidado com o filho com o ritmo intenso de trabalho. De acordo com ela, foi preciso bastante jogo de cintura para cumprir todas as tarefas.

“Quando meu filho nasceu, voltei a trabalhar 12 dias depois do nascimento [hoje, o garoto tem 12 anos]. Para não deixar de amamentar, meu filho era levado até a empresa”, lembra Adriana. “No dia que não tinha carro, não tive dúvida e mandei buscar meu filho com um dos caminhões da frota”.

Cotidiano com mais graça
Focada em garantir um bom ambiente de trabalho, Maria Eugênia Pedroza construiu sua carreira priorizando a resolução de problemas. Essa dedicação pela qualidade foi responsável pelo primeiro lugar, em 2010, do prêmio Melhor Operação Modelo de Refrigerante do Brasil, concedido pela Ambev, à Cemar Transportadora e Distribuidora, que Maria Eugênia administra.

Para a executiva de 44 anos, ser mulher não traz dificuldades ou preconceitos para o seu trabalho. Mas, em contrapartida, ela observa um melhor aproveitamento de recursos, atenção às questões mais humanas da empresa e também mais graça no cotidiano.

PUBLICIDADE

“Estamos nesse negócio para vender não só cerveja e refrigerante. Nossos produtos realizam o sonho das pessoas, trazem magia em momentos especiais. Foi com essa motivação que começamos com pouco e hoje temos muitas conquistas”, avalia a profissional.

Fundada em 1995 na cidade de Gurupi (TO), a Cemar possui, hoje, 125 colaboradores, frota própria de 33 veículos e atendimento a 40 municípios do sul do estado de Tocantins.

Valorizando as relações humanas
Com muita determinação, Graziela Solera ajudou a transformar a empresa da família, Regra Distribuidora e Logística, na maior operação terceirizada da Ambev. Em 20 anos, a executiva aumentou em dez vezes o volume de vendas da firma.

Ela iniciou a carreira na área comercial e já era responsável, com 21 anos, pelo cadastramento dos pontos de venda. Com 26 anos, a empresária assumiu a diretoria comercial. Seu posicionamento firme e focado levou a revenda a se tornar referência – como ao implantar o primeiro departamento de RH com foco em treinamento – para as demais filiadas da Confenar.

“Quem pretende crescer tem que apresentar diferenciais profissionais, estudar e garantir fluência em diversos idiomas”, aconselha Graziela.

Casada e mãe de dois filhos, Graziela conta com o apoio do pai, à frente da tecnologia da informação, e do irmão, na diretoria financeira. “Aqui, acreditamos na meritocracia, na liderança pelo exemplo e gestores que foram líderes, pois o sucesso é a integração de bons profissionais”, explica.

Destaque feminino, em um meio masculino
Mariela Baptista, começou sua carreira na revenda da família, em Belo Horizonte (MG), assumindo o comando da área de transportes. “Era o departamento com mais problemas: pouca produtividade, desperdício e alto índice de devolução”, lembra a executiva.

Após superar esse desafio, ela decidiu, em 1994, fundar a Distribuidora de Bebidas Cervantes, em Montes Claros, no norte do estado de Minas Gerais. Longe da família e em uma cidade desconhecida, Mariela assumiu o negócio com o apoio do marido, com quem é casada há 17 anos.

PUBLICIDADE

“Nunca imaginei trabalhar com cerveja”, confessa Mariela, diretora administrativa da Cervantes. “E, para me destacar nesse meio masculino, utilizei do meu entusiasmo, alegria, valorização das pessoas e determinação por bons resultados”.

Sua determinação foi fundamental para o sucesso da empresa que hoje conta com 176 colaboradores, frota de 30 veículos e abastece 30 municípios da região.

Trabalhar com paixão pelo que faz
Diante do desafio de assumir a área da região da cidade de Carpina (PE), localizada a 60 quilômetros de Recife, Cássia Abrantes saiu de Belo Horizonte (MG), em 2002, à convite da Ambev.

A executiva transpôs barreiras importantes, ao assumir os negócios em uma região tradicionalmente machista e lutar pelo crescimento da empresa. Para se ter uma ideia, a revenda iniciou com 28% de participação na área e atingiu um patamar de 71%, em 2010.

Para ela, o sucesso é resultado de um conjunto de fatores, como o trabalho contínuo, a formação de líderes e a parceria e o apoio da Ambev na gestão dos negócios. Hoje, a distribuidora Felizzzz tem 140 funcionários, uma frota de 27 veículos e atende 51 municípios.

“Trabalhar com bebidas é o meu negócio. Trabalho com paixão, batalho por resultados ainda melhores e ainda sonho. A meta é ser embaixadora da Ambev e estar sempre entre as cinco melhores operações do Brasil”, entusiama-se a sócia-diretora administrativa e financeira da Felizzzz.