CLT

Conheça as 10 ocupações com os maiores e menores salários registrados em carteira em 2021

Contracheque passou de R$ 37.000 para um tipo de profissional do mercado financeiro; e ficou abaixo do salário mínimo para oito profissões

Por  Equipe InfoMoney -

O Brasil terminou o ano de 2021 com saldo positivo de 2.730.597 vagas de emprego com carteira de trabalho assinada. Ao longo do ano, foram registradas 20.699.802 admissões e 17.969.205 desligamentos. Os dados foram divulgados na segunda-feira (31) pelo Ministério do Trabalho e Previdência.

Dados por setor

No acumulado do ano, o saldo de 2,7 milhões de postos de trabalho teve, no setor de serviços, sua maior contribuição, com 1.226.026 vagas criadas. Foram 9.284.923 admissões ante a 8.058.897 desligamentos.

O setor de comércio agregou outras 643.754 vagas (4.889.494 admissões e 4.245.740 desligamentos), enquanto a Indústria gerou 475.141 novas vagas (3.352.363 admissões e 2.877.222 desligamentos) em 2021.

As atividades de construção criaram 244.755 vagas (2.017.403 admissões e 1.772.648 desligamentos), enquanto agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura teve 140.927 novas vagas com carteiras assinadas (1.155.619 admissões e 1.014.692 desligamentos).

Leia também:

O estoque (quantidade total de vínculos formais ativos) no acumulado do ano apresentou variação de 7,08% (na comparação com 1º de janeiro de 2021).

Já em dezembro, o saldo de empregos foi negativo em quatro dos cinco grupamentos de atividade econômica analisados. O único a apresentar saldo positivo (9.013 vagas) foi o de comércio; reparação de veículos automotores e motocicletas.

O saldo da indústria ficou negativo em 92.047 vagas; o da construção perdeu 52.033 postos de trabalho; o de agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura registrou uma queda de 26.073 vagas; e o de serviços diminuiu em 104.670 o saldo de empregos celetistas.

Salário médio

Apesar da melhora no número de vagas, o salário médio de contratações no país ficou em R$ 1.921,19 no ano passado, abaixo da média de R$ 2.000,26 registrada em 2020. 

Algumas vagas, contudo, sobretudo no setor financeiro, pagaram um salário bem superior à média. 

Confira abaixo uma lista com os 10 cargos com os maiores e menores salários de contratação. 

Maiores salários de 2021

  1. Diretor de Crédito (Exceto Crédito Imobiliário): R$ 37.134,38
  2. Diretor de Riscos de Mercado: R$ 34.718,47
  3. Diretor de Produtos Bancários: R$ 34.385,11
  4. Dramaturgo de Dança: R$ 30.219,01
  5. Diretor de Serviços de Informática: R$ 28.050,65
  6. Diretor de Recuperação de Créditos em Operações de Intermediação Financeira: R$ 26.117,49
  7. Diretor de Recursos Humanos: R$ 25.790,85
  8. Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D): R$ 24.399,44
  9. Diretor Comercial: R$ 21.600,47
  10. Diretor de Produção e Operações da Indústria de Transformação, Extração Mineral e Utilidades: R$ 21.188,14

Menores salários de 2021

  1. Psicólogo acupunturista: R$ 758,51
  2. Apresentador de Festas Populares: R$ 773,44
  3. Gandula: R$ 914,56
  4. Professor de Literatura Espanhola: R$ 918,42
  5. Classificador de Fumo: R$ 1.003,27
  6. Carregador (Aeronaves): R$ 1.016,21
  7. Doula: R$ 1.069,33
  8. Técnico em Carcinicultura: R$ 1.094,68
  9. Esotérico: R$ 1.119,16
  10. Artesão Crocheteiro: R$ 1.148,77

(Com informações da Agência Brasil)

Como calcular 13º, férias e rescisão?
Baixe uma planilha gratuita que te ajuda com as contas de salário, férias, descontos e cálculos demissionais:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe