Conheça a diferença do currículo impresso e on-line e conquiste sua vaga!

Currículo em papel deve ser sucinto e ter, no máximo, duas páginas. Já o currículo on-line pode ser mais extenso

SÃO PAULO – Quem acredita que o currículo on-line deve seguir o modelo do impresso está enganado. Saiba que o profissional que conhece as diferenças tem mais chances de conquistar novas oportunidades no mercado de trabalho.

O presidente da Curriculum, Marcelo Abrileri, explica que o currículo em papel deve ser sucinto e ter, no máximo, duas páginas. Já o currículo on-line pode ser mais extenso.

Entretanto, é importante lembrar que as informações têm de ser pertinentes, relevantes e relacionadas ao objetivo profissional. As informações mais completas ajudam na busca realizada pelas empresas.

“Dentro de um sistema on-line, o selecionador conta com a ajuda do computador para encontrar um currículo e, por esse motivo, ele pode ser mais extenso do que o tradicional”, diz Abrileri.

Objetivo profissional
Outra diferença é que o currículo na internet não deve ter apenas um objetivo profissional. É indicado que a pessoa inclua cargos similares ou relacionados. Por exemplo, uma secretária executiva bilíngue deve acrescentar também o cargo de secretária executiva e secretária bilíngue.

“As empresas buscam candidatos por nomes diferentes, que muitas vezes dizem respeito à mesma função. Nesses casos, nos sistemas mais avançados, o currículo só constará no resultado da pesquisa se a empresa buscou um cargo exatamente com o mesmo nome no objetivo profissional”, explica.

Abrileri acrescenta ainda que esses cargos não podem ser díspares, pois o profissional pode parecer que “não faz nada bem feito”.