Bilionários

Conheça 17 bilionários que vieram da pobreza

Oprah Winfrey, John Paul DeJoria e Larry Elisson são algumas das pessoas que enfrentaram muitos desafios para tornarem-se quem são hoje

SÃO PAULO – Algumas das pessoas mais ricas do mundo nem sempre tiveram tudo tão fácil. Para chegar ao lugar em que estão, muitos tiveram que fugir da guerra em seu país e viver por conta própria, talvez em seu próprio carro.

Oprah Winfrey, John Paul DeJoria e Larry Elisson são algumas dessas pessoas. São histórias de determinação, perseverança e de muito trabalho que conquistaram os milhões de hoje em dia.

Confira a seleção de 17 bilionários, segundo o Business Insider:

PUBLICIDADE

Roman Abramovich
Roman é o atual dono do Chelsea Football Club e do maior iate do mundo, com um patrimônio de US$ 8,2 bilhões. Ele nasceu no sul da Rússia e, aos dois anos de idade, ficou órfão, sendo criado por um tio e sua família em uma região subártica do país.

Em 1987, quando estudava na Moscow Auto Institute, ele começou uma pequena empresa que produzia brinquedos de plástico. Posteriormente, ele fundou um negócio de óleo e cresceu nessa indústria, acabando por tornar-se o dono da maior empresa de óleo do mundo, vendida em 2005 por US$ 13 bilhões.

Mohed Altrad
Nascido em uma tribo nômade no deserto da Síria, ele foi criado por sua avó, que o proibiu de estudar – mas, mesmo assim, ele estudou e chegou a mudar-se para a França para entrar em uma universidade. Lá, ele vivia com uma refeição por dia.

Ainda assim, ele formou-se e é PhD em ciências da computação, trabalhou para algumas empresas francesas e comprou uma empresa de andaimes que estava falindo. Hoje, ela é a maior manufatureira de andaimes e betoneiras, a Altrad Group.

Com um patrimônio de US$ 1 bilhão, ele já foi nomeado o Empreendedor do Ano, tanto da França quando do mundo.

Kenny Troutt
O fundador da Excel Communications hoje possui um patrimônio de US$ 1,5 bilhões, mas, durante a universidade, precisou vender seguros de vida para conseguir pagar a mensalidade. Ele fundou a empresa em 1988 e abriu seu capital em 1996. Dois anos depois, a empresa se juntou à Teleglobe em um acordo de US$ 3,5 bilhões.

PUBLICIDADE

Howard Schultz
Schultz já afirmou em entrevistas com a sensação de que tinha menos do que as outras pessoas, sempre se sentindo inferior – e sabia que precisava ir além do que as pessoas diziam ser possível. Ele acabou ganhando uma bolsa de estudos de futebol na universidade, trabalhou na Xerox depois de formado, e começou a trabalhar na rede de cafés Starbucks.

Na época, a rede tinha apenas 60 unidades. Em 1987, ele assumiu como CEO e fez a empresa crescer para mais de 16 mil unidades em todo o mundo.

Ken Langone
O investidor hoje possui US$ 2,8 bilhões de patrimônio, mas antes disso trabalhou em empregos irregulares e inclusive teve sua casa hipotecada. Em 1968, ele se uniu a Ross Perot para tornar a Electronic Data Systems pública. Dois anos depois, ele fundou a Home Depot junto de Bernard Marcus.

Oprah Winfrey
A maior apresentadora da TV norte-americana nasceu em uma família muito pobre no Mississippi e ganhou uma bolsa de estudos para a universidade. Aos 19 anos, ela se tornava a primeira correspondente afro-americana da televisão.

Em 1983, ela se mudou para Chicago para trabalhar em um programa de talk show da rádio, que posteriormente se tornaria o “The Oprah Winfrey Show” na televisão. Hoje, ela possui um patrimônio de US$ 3 bilhões.

John Paul DeJoria
Aos 10 anos de idade, DeJoria vendia cartões de natal e jornais para ajudar sua família. Ele morou por um tempo em uma casa de adoção antes de entrar para o exército norte-americano.

Com um empréstimo de US$ 700, ele criou a linha de produtos capilares John Paul Mitchell Systems e passou a vender o shampoo de porta em porta enquanto vivia em seu carro. Ele também criou a Patron Tequila, e hoje investe em outras indústrias. Seu patrimônio atual é de US$ 2,9 bilhões.

Shahid Khan
Ele é atualmente uma das pessoas mais ricas do mundo, com um patrimônio de US$ 4,4 bilhões. Quando chegou aos Estados Unidos, ele trabalhou lavando louças, enquanto estudava na University of Illinois. Hoje ele é dono do Flex-N-Gate, uma das maiores empresas privadas dos EUA, do time de futebol americano Jacksonville Jaguars e do clube de futebol inglês Fulham.

Do Won Chang
Chang e sua mulher Jin Sook são os fundadores da rede de roupas Forever 21, fenômeno em todo o mundo. Eles deixaram a Coreia em 1981 para mudar-se para os EUA. Lá, Do Won tinha três empregos ao mesmo tempo para conseguir equilibrar as despesas, até que abriram a primeira loja em 1984.

Hoje o casal possui um patrimônio de US$ 6,5 bilhões e a Forever 21 possui mais de 480 lojas em todo o mundo.

Ralph Lauren
Ele trabalhava como escriturário na Brooks Brothers quando perguntou-se se os homens usariam gravatas mais largas e com designs diferentes. Em 1967, quando ele fundou a marca, ele vendeu mais de 500 mil unidades e criou a Polo no ano seguinte. Seu patrimônio hoje é de US$ 6,8 bilhões.

Lakshmi Mittal
Mittal é CEO e presidente da empresa ArcelorMittal, a maior de ferro do mundo, e possui um patrimônio de US$ 12,3 bilhões. Ele nasceu em 1950 na Índia, em uma família pobre.

Francois Pinault
Pinault é fundador da Kering, conglomerado de marcas de luxo francesas. Mas antes disso, em um momento, ele teve de abandonar o colégio porque seus colegas o provocavam por ser tão pobre. Hoje, ele possui um patrimônio de US$ 14,2 bilhões e detém marcas como Gucci, Stella McCartney, Alexander McQueen e Yves Saint Laurent.

Leonardo Del Vecchio
Com cinco irmãos, Del Vecchio foi mandado para um orfanato, pois sua mãe não conseguia cuidar dele. Quando mais velho, ele trabalhou em uma fábrica fazendo moldes de peças de automóveis e molduras de óculos.

Aos 23 anos, Del Vecchio abriu sua própria loja de moldes, que acabou por se tornar a maior fabricante de óculos de sol e óculos de grau, com marcas como Ray-Ban e Oakley. Hoje, seu patrimônio é de US$ 24,1 bilhões.

George Soros
O investidor, na adolescência, fingiu ser o afilhado de um funcionário do Ministério Húngáro de Agricultura para poder sobreviver à ocupação nazista no país. Em 1947, ele escapou para viver com parentes em Londres e, lá, estudou na London School of Economics enquanto trabalhava como garçom e porteiro de ferroviária.

Ao formar-se, ele passou a trabalhar em uma loja de souvenirs antes de conseguir um emprego como banqueiro em Nova York. Ele ficou famoso em 1992, quando apostou contra a libra britânica. Com isso, ele ganhou bilhões de dólares e hoje possui um patrimônio de US$ 24,2 bilhões.

Li Ka-shing
Quando tinha 15 anos, seu pai faleceu e ele passou a ser o responsável por sustentar sua família. Em 1950 ele começou sua própria empresa, a Cheung Kon Industries, que a princípio apenas fabricava plásticos, mas depois expandiu para o mercado imobiliário. O conglomerado lhe garantiu um patrimônio de US$ 27,1 bilhões.

Sheldon Adelson
Adelson cresceu em Dorchester, Massachusetts, e aos 12 anos já era vendedor de jornais. Posteriormente, ele abandonou a City College of New York e foi quando construiu uma fortuna vendendo máquinas, anúncios de jornais, ajudando pequenos negócios a abrir capital, desenvolvendo condomínios e hospedando feiras.

Hoje ele é dono da Las Vegas Sands, a maior empresa de cassinos do mundo, e é considerado o maior doador político da América, com um patrimônio de US$ 29,5 bilhões.

Larry Ellison
Nascido em Brooklyn, ele foi criado por sua tia e tio em Chicago. Com a morte de sua tia, ele largou a faculdade e se mudou para a Califórnia, para trabalhar. Ele fundou a empresa de softwares Oracle em 1977, atualmente uma das maiores empresas de tecnologia do mundo. Ele possui um patrimônio de US$ 49,8 bilhões.