Confira maneiras de aproveitar talentos internos e evitar demissões

Líder precisa envolver as pessoas e questioná-las sobre o que estão dispostas a fazer para que a empresa supere a crise

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – As demissões têm ocorrido com frequência nas empresas, em decorrência da crise mundial. “Geralmente, os funcionários mais antigos costumam ser os primeiros a serem cortados, porque têm salários mais altos”, explica o coach e diretor da UP Treinamentos e Consultoria, Carlos Cruz. “Mas a melhor alternativa, frente à primeira dificuldade, não é demitir pessoas“.

Segundo ele, em momentos de dificuldade financeira, o líder deve aproveitar os talentos da empresa para entregar ainda mais resultados.

“Ele precisa enxergar o que cada um tem de especial, por meio de ferramentas como o mapeamento de competências e a avaliação 360º [todos os profissionais avaliam uns aos outros na empresa], e aproveitar seus talentos. Pode ser que seja necessário um remanejamento interno”, explica.

Antes de demitir…

Aprenda a investir na bolsa

É importante que a empresa estabeleça uma estratégia para enfrentar a crise, de maneira que, quando a turbulência acabar, a organização esteja à frente de suas concorrentes. “Um exercício interessante a ser feito pela empresa é ouvir soluções e propostas dos colaboradores”.

Em um segundo momento, o líder precisa envolver as pessoas e questioná-las sobre o que estão dispostas a fazer para que a empresa supere a crise. “Nesse ponto, a remuneração variável pode ser uma estratégia interessante”.

O coach acrescenta: “antes de ir na onda do mercado e fazer o mesmo que os outros estão fazendo, olhe para sua realidade interna. Conheça sua empresa e sua equipe. Demitir nem sempre é o ideal”.