Confira as melhores empresas para trabalhar na área de TI e Telecom

Pesquisa mostrou que, mesmo diante da crise, companhias desses setores têm investido no capital humano

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Pesquisa divulgada nesta quinta-feira (16) pelo Great Place to Work revelou quais são as melhores empresas para trabalhar na área de tecnologia da informação e telecomunicações no Brasil. A campeã foi a Chemtech, seguida pela Kaizen e a Microsoft.

Durante a apuração, o que se notou é que, mesmo com a crise, essas companhias têm investido no capital humano. “Esse é um indicativo de que um bom ambiente de trabalho traz comprometimento e resultados para o negócio”, afirmou o editor-chefe do Computerworld, Ralphe Manzoni Jr.

A pesquisa foi baseada na avaliação do nível de confiança dos funcionários em cinco dimensões: credibilidade, respeito, imparcialidade, orgulho e camaradagem. Foram abordadas no estudo empresas fornecedoras de hardware, software ou de serviços de TI ou Telecom. As empresas tinham 50 ou mais colaboradores e atuação no mercado nacional ou internacional há pelo menos três anos.

As campeãs

Aprenda a investir na bolsa

Confira abaixo a lista das dez melhores empresas para trabalhar no Brasil na área de TI e Telecom:

  1. Chemtech
  2. Kaizen
  3. Microsoft
  4. Cisco do Brasil
  5. Google Brasil
  6. PromonLogicalis
  7. Serasa Experian
  8. iVirtua Solutions
  9. GVT
  10. Cigam Software

Ambiente de trabalho

Segundo o presidente do Great Place to Work, José Tolovi Jr., os setores de TI e Telecom têm um ambiente de trabalho descontraído, amistoso e hospitaleiro, o que favorece a espontaneidade das pessoas.

“Mas há aspectos que avaliamos, como a alta concentração de capital intelectual, competitividade acirrada e necessidades de constante atualização profissional que continuam a ser características do setor. Esse conjunto diferencia o ambiente de trabalho das melhores empresas que têm, ainda, líderes considerados honestos, éticos e acessíveis, e que propiciam flexibilidade a seus funcionários”, afirmou.