Concursos públicos oferecem 84 vagas com salários de até R$ 19,6 mil

As vagas são de vários estados do País com salários de até R$ 19.643. Podem se inscrever formados e nível médio

SÃO PAULO – O TRT da 10ª Região (Tribunal Regional do Trabalho), TCU (Tribunal de Contas da União), MPE/RR (Ministério Público de Roraima) e o MPE/TO (Ministério Público do Estado de Tocantins) abriram concursos públicos para preencherem 84 vagas de variadas áreas de atuação e regiões do País.

Para o TRT da 10ª Região, com jurisdição no Distrito Federal e em Tocantis, são oferecidas 28 vagas, sendo que 18 são para Analista Judiciário, nível superior completo, e dez para o cargo de Técnico Judiciário, de nível médio, além de formação do cadastro de reserva (duas para candidatos portadores de deficiência).

Os postos de Analista Judiciário são das áreas de Apoio Especializado, Administrativa e Judiciária. Para a primeira área, serão selecionados os candidatos com formação em Medicina, Engenharia, Arquitetura, Psicologia ou Tecnologia da Informação. A área Administrativa oferece oportunidades para candidatos com graduação em qualquer área ou para candidatos graduados em Contabilidade. E há também a área Judiciária e da especialidade de Execução de Mandados, que exigem diploma de bacharel em Direito.

PUBLICIDADE

A seleção para o cargo de Técnico Judiciário na área Administrativa, os candidatos terão de apresentar o certificado de conclusão do ensino médio ou curso técnico equivalente, e para as especialidades de Enfermagem e Tecnologia da Informação, que exigem, além do nível médio, cursos específicos nas áreas.

A remuneração dos postos de nível superior é de R$ 6.611,39 e dos de nível médio, R$ 4.052,96, para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. As inscrições podem ser feitas entre os dias 19 de julho a 20 de agosto no endereço eletrônico www.cespe.unb.br/concursos/trt10_12. O valor da taxa de inscrição varia de R$ 60 a R$ 98.

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas e prova discursiva, que serão aplicadas pelo Cespe/UnB na data provável de 11 de novembro, nas cidades de Brasília (DF) e Palmas (TO).

TCU
Já o TCU abriu 33 vagas para Técnico Federal de Controle Externo da Área de Apoio Técnico Administrativo, divididas entre os estados do Distrito Federal (24), Amapá (uma vaga), Amazonas (uma), Mato Grosso (duas), Pernambuco (duas), Rondônia (uma) e Roraima (duas).

Para se candidatar, os interessão deverão ter o certificado de conclusão de curso médio e a remuneração é de R$ 6.308,42. Serão aplicadas provas objetivas e provas discursivas da seleção na data provável de 2 de setembro. Já a segunda etapa será de Programa de Formação, em Brasília.

A inscrição no concurso pode ser confirmada no período de 10 a 30 de julho, por meio do site www.cespe.unb.br/concursos/tcu_12_tefc. A taxa de participação é de R$ 76. Os candidatos devem optar, no momento da inscrição, por uma localidade de vaga e uma cidade para realização das provas objetivas e discursivas.

PUBLICIDADE

MPE/RR
O MPE/RR oferece oito vagas, e formação de cadastro de reserva para o cargo de Promotor de Justiça Substituto, para candidatos graduados em Direito, com experiência de três anos.

Ao todo, serão sete etapas. As primeiras serão estabelecidas de prova objetiva e das provas discursivas. Estas etapas estão previstas, respectivamente, para os dias 1º e 2 de setembro, nas cidades de Boa Vista (RR), Brasília (DF) e São Paulo (SP). As etapas seguintes serão realizadas apenas na cidade de Boa Vista, sendo que a inscrição definitiva e a sindicância, a avaliação psicológica, a entrevista, a prova de tribuna e a avaliação de títulos são de responsabilidade do MPE/RR, e a prova oral, de responsabilidade do Cespe/UnB.

Os cargos tem remuneração de R$ 19.535,27 e as inscrições preliminares podem ser feitas entre 8 de junho e 8 de julho, pelo site www.cespe.unb.br/concursos/mpe_rr2012. A taxa de inscrição é R$ 170.

MPE/TO
Já o MPE/TO abriu 15 vagas e formação de cadastro de reserva para o cargo de Promotor de Justiça Substituto. Para concorrer, os interessados devem ter graduação em Direito e com três anos de experiência na área.

O processo seletivo será por meio de uma prova objetiva preambular e provas discursivas, previstas para serem aplicadas nos dias 11 e 12 de agosto, respectivamente. O Cespe/UnB será responsável por estas etapas.

O MPE/TO será responsável pelas fases de inscrição definitiva, sindicância de vida pregressa e exame de sanidade física e mental. Ainda será aplicada uma prova oral e a avaliação de títulos. Todas as fases do concurso, inclusive a perícia médica dos candidatos que se declararem portadores de deficiência, serão realizadas na cidade de Palmas (TO).

Os cargos oferecidos receberão salário de R$ 19.643,93 e a taxa de inscrição é R$ 200.

O período de inscrição provisória é de 8 de junho a 8 de julho, pelo endereço eletrônico www.cespe.unb.br/concursos/mpe_to_12_promotor.