Como ser um freelancer reconhecido no mercado?

Segundo consultora, ser palestrante em faculdades pode ser uma alternativa para divulgar o trabalho e, consequentemente, ganhar credibilidade

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Não ter contato diário com profissionais da área, por não ter uma rotina de trabalho em uma empresa, pode ser um dos principais empecilhos para um freelancer conseguir e divulgar o seu trabalho. Na opinião da consultora de RH (recursos humanos) e diretora-executiva da Clarz Management, Luciana Botelho, uma forma de driblar esta situação é tentar aumentar o networking. Uma das maneiras de se fazer isso é firmando parcerias com faculdades.

“Geralmente, as faculdades organizam as semanas das profissões, nas quais vários profissionais promovem palestra mostrando as tendências de determinada área. Um freelancer pode tentar entrar em contato com a universidade e se oferecer como palestrante, mesmo que não ganhe renumeração para isto. Ao participar destes eventos, ele consegue ganhar visibilidade, credibilidade no mercado e também pode aumentar os seus contatos sociais”.

Outra forma do freelancer divulgar o seu trabalho segundo a consultora é escrevendo artigos. “O profissional precisa ter uma visão global do seu mercado de atuação, mas também deve procurar uma especialização em determinado segmento para ter um diferencial competitivo. Ao ter o domínio de um tema, ele pode escrever um artigo e divulgá-lo na internet, por exemplo”.

Internet

Aprenda a investir na bolsa

Já o gerente consultivo do Grupo Soma, Paulo Ishimaru, aponta que uma boa alternativa para o profissional divulgar o seu trabalho é utilizando a internet. “O profissional pode criar um blog, participar de sites de relacionamento e de grupos de discussão sobre a sua área de atuação”.

Entretanto, Luciana ressalta que, ao participar de sites de relacionamento ou outros tipos de redes sociais, a pessoa precisa tomar cuidado para não se comprometer profissionalmente. “Participar de comunidades como odeio acordar cedo e não gosto de trabalhar no fim de semana pode comprometer a imagem profissional, por isso é bom evitar colocá-las nos perfis”.

Eventos

Além disso, Ishimaru destacou que a participação em feiras e eventos na área de atuação do freelancer pode trazer benefícios. “Ao participar destes eventos, o profissional tem contato com outros colegas da mesma área, logo ele pode ter uma referência dos preços que estão sendo cobrados no mercado, além de ampliar sua rede de contatos e fazer networking. Afinal, grande parte dos freelancers conseguem serviços porque foram indicados por alguém”.

Um outro benefício na participação destes eventos é que o profissional pode reciclar o seu conhecimento. “Buscar cursos de especialização e se reciclar por meio de eventos e palestras é fundamental para ser um freelancer reconhecido”, finaliza Ishimaru.