Como receber um novo colega de trabalho?

Interlocutor desse processo deve ser o líder, responsável por preparar a equipe com antecedência

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O ser humano é pouco receptivo a mudanças, em especial aquelas ainda desconhecidas, que, no entanto são essenciais para a vida, a começar pela carreira.

Quem acaba de desembarcar em uma nova empresa, por exemplo, pouco sabe de suas informações, de sua rotina e de seus principais desafios. O início, em grande parte, é caracterizado pela integração aos demais colegas de casa.

Todavia, o interlocutor desse processo deve ser o líder, responsável por preparar a equipe com antecedência, além de informá-la sobre qual função o novo integrante irá desempenhar.

Aprenda a investir na bolsa

“O líder deve recepcionar esse novo funcionário e apresentá-lo aos membros de sua equipe. Essa, por sua vez, precisa ser receptiva e integrar os novos colegas”, afirma a gerente de planejamento de carreira da Ricardo Xavier Recursos Humanos, Melina Graf.

Em momentos assim, o diálogo do gestor com toda a equipe, a fim de deixá-la segura e informada sobre os novos processos, é essencial, avalia a gerente.

Novos amigos
Como forma de tornar o ambiente da companhia mais aconchegante e estimular o novo funcionário a conversar e conhecer as pessoas, os veteranos podem apresentá-lo aos demais departamentos da empresa.

O mesmo serve para quem for treinar o novato. Ele deve passar por um processo de treinamento, recebendo informações corretas e tendo todas as dúvidas sanadas.

A dinâmica não deve ser válida apenas aos funcionários de casa, mas também ao colaborador que chega. Segundo Melina, esse profissional deve demonstrar simpatia, educação, interesse e flexibilidade.

Esse novo funcionário, explica a especialista, não pode ficar limitado a um grupo ou uma pessoa. É importante que ele consiga transitar livremente pelos setores da empresa.

PUBLICIDADE

Passos futuros
Desejar boas vindas e chamá-lo para almoçar, ou seja, integrá-lo a equipe. Esses são os passos básicos do funcionários veteranos na adaptação do recém-chegado.

“São as atitudes que contam. Ao longo do tempo, os eventos em conjunto, as refeições, enfim, tudo isso irá colaborar para a integração dele na empresa”, conclui Melina.