RADAR INFOMONEY Hering (HGTX3) sai do básico com plano ousado para 2021. Vai funcionar?

Hering (HGTX3) sai do básico com plano ousado para 2021. Vai funcionar?

Comissão deve analisar PL que inclui período de estágio na conta para aposentadoria

CCJ do Senado deve votar medida ainda nesta quarta (17). Ideia é constitucionalizar medida que já consta em legislação

SÃO PAULO – O período de estágio e de estudos custeados por bolsas pode entrar na conta para obter a aposentadoria e outros benefícios previdenciários. Isso porque a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania do Senado deve analisar, ainda nesta quarta-feira (17), projeto que prevê a inclusão desse período na contagem de tempo para concessão dos benefícios.

Hoje, estagiários e bolsistas podem incluir o tempo de trabalho na contagem para obter o benefício. Para isso, porém, devem contribuir para a Previdência como segurados facultativos. A PEC 16/04 (Proposta de Emenda Constitucional), de autoria do senador Sérgio Zambiasi (PTB-RS), pretende constitucionalizar esse direito.

Para o parlamentar, o futuro do sistema previdenciário é incerto, por conta das reformas a serem feitas. Zambiasi teme que tais mudanças possam levar a retrocessos com relação ao direito hoje assegurado.

Constitucionalização
“Na situação atual, nada impede que uma medida provisória ou um projeto de lei qualquer venha a tornar letra morta esse direito, em nome da redução do déficit previdenciário”, afirmou, de acordo com a Agência Senado, o relator da medida na comissão, senador Alvaro Dias (PSDB-PR).

O parlamentar já recomendou seu voto pela aprovação da medida. Para ele, se o direito estiver na Constituição, qualquer tentativa de alterá-lo exigirá quórum qualificado – o que assegura, de certo modo, esse direito a estagiários e bolsistas.

A PEC seguirá para votação em dois turnos pelo Plenário do Senado, após análise da Comissão.