Demisões

Comércio e serviços podem demitir 2 milhões em 2016, prevê RC Consultores

O Ministério do Trabalho e Previdência Social informou nesta quinta-feira, 21, que 1,542 milhão de vagas foram fechadas em 2015

arrow_forwardMais sobre

Os setores de comércio e de serviços podem demitir dois milhões de empregados ao longo de 2016. Essa é a avaliação do analista econômico da RC Consultores Everton Carneiro.

A previsão de Carneiro se baseia em um corte porcentual de vagas nesses segmentos na mesma magnitude ao feito na indústria da transformação, até agora o setor mais afetado pela onda de demissões.

O Ministério do Trabalho e Previdência Social informou nesta quinta-feira, 21, que 1,542 milhão de vagas foram fechadas em 2015. Mais de 600 mil cortes ocorreram somente na indústria da transformação, o que equivale a 7% da força de trabalho nesse segmento.

PUBLICIDADE

“O comércio e os serviços empregam 27 milhões de trabalhadores. Caso esses setores sofram o mesmo ajuste que a indústria está sofrendo, podemos chegar a 2 milhões de desempregados em 2016”, avaliou Carneiro.

Ao longo de 2015, o comércio fechou 218.650 vagas, enquanto o setor de serviços demitiu 276.054 empregados.

O analista pontua que ambos os setores passaram a ter saldos líquidos negativos somente em julho do ano passado, muito mais tarde que o restante dos setores da economia. “Os dados de dezembro mostram uma velocidade surpreendente na deterioração do emprego”, afirmou. “O processo de demissões no comércio e no serviços começou tarde e pode durar muito tempo. O potencial de estrago na economia é muito grande”, afirmou Carneiro.