Estados Unidos

Com uma remuneração de US$ 96,2 mi, CEO da Oracle foi o mais bem pago em 2012

Ellison recebeu US$ 96,2 milhões, o que inclui seu salário, um bônus de US$ 3,9 milhões, benefícios e opção de ações avaliadas em US$ 90,7 milhões

SÃO PAULO – Larry Ellison, da Oracle, foi o CEO (Chief Executive Officer) mais bem pago dos Estados Unidos em 2012, com um aumento na remuneração de 3% em relação a 2011. Segundo a Bloomberg, Ellison recebeu um total de US$ 96,2 milhões, o que inclui seu salário, um bônus de US$ 3,9 milhões, benefícios e opção de ações avaliadas em US$ 90,7 milhões.

O CEO da HCA Holdings Inc., Richard Bracken, foi o segundo da lista compilada pela Equilar e divulgada no site do jornal The New York Times nesta segunda-feira (8). O diretor-executivo recebeu um salário estimado em US$ 38,6 milhões, seguido por Robert Iger, CEO da Walt Disney, que recebeu em 2012 nada menos que US $ 37,1 milhões, informou o NYT.

No total, afirmou a Bloomberg, a remuneração média de todos diretores-executivos dos Estados Unidos registrou uma alta de US$ 14 milhões.

PUBLICIDADE

Entre os cinco CEOs melhores remunerados, a lista segue com o líder da Nike, Mark G. Parker, e Philippe Dauman, da Viacom. 

10 CEOs mais bem pagos dos EUA
CEO (empresa)Remuneração em 2012 (US$)
*New York Times
Lawrence J. Ellison (Oracle) 96,2 milhões
Richard M. Bracken (HCA)38,6 milhões
Robert A. Iger (Disney)37,1 milhões
Mark G. Parker (Nike)35,2 milhões
Philippe P. Dauman (Viacom)33,4 milhões
John J. Donahoe (eBay)29,7 milhões
Howard Schultz (Starbucks)28,9 milhões
Stephen I. Chazen (Occidental Petroleum)28,5 milhões
Kenneth I. Chenault (American Express)28 milhões
Louis C. Camilleri (Philip Morris International)24,7 milhões

Metodologia
O estudo realizado para o jornal norte-americano listou todos os executivos de empresas de capital aberto, com uma receita anual de mais de US$ 5 bilhões e que publicaram seus balanços até 29 de março deste ano. Foram analisados salários-base, bônus, benefícios, prêmios de ações e opções de ações.