Em crescimento

Com salários de até R$ 18 mil, essa área possui boas oportunidades de carreira no Brasil

No Brasil, além de ser uma área em ascensão que abriu oportunidades para os profissionais, é também uma que remunera acima da média

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – No ano passado, a busca das empresas brasileiras por profissionais do mercado de games teve um aumento de 60%, frente a somente 35% em 2015, segundo a consultoria Page Personnel. Esse é um mercado que, há mais de cinco anos, superou a indústria do cinema de Hollywood nos Estados Unidos.

No Brasil, além de ser uma área em ascensão que abriu oportunidades para os profissionais, é também uma que remunera acima da média. Os salários do setor de games pode chegar a R$ 18 mil, no caso do salário de um profissional de marketing que atua como supervisor de produtos. Outros cargos selecionados apresentam média salarial entre R$ 8 mil e R$ 12 mil, podendo ser ainda maior.

“O mercado de games se profissionalizou no Brasil nos últimos anos. Hoje, podemos dizer que o mercado de games cresce em um cenário próspero e estável para o desenvolvimento profissional”, disse o diretor da Page Personnel, Ricardo Haag. “Vale a pena destacar que também é um segmento que segue na contramão do mercado brasileiro”.

PUBLICIDADE

Segundo o executivo, trabalhando neste setor é possível ter uma remuneração tão boa quanto a oferecida em outro cargo similar no mundo corporativo “A indústria de games é muito competitiva em termos de salários e benefícios. É plenamente possível ser bem-sucedido financeiramente neste setor”, disse.

A consultoria selecionou alguns dos cargos que estão mais em alta na indústria, tal como qual é a formação necessária e a média salarial oferecida para cada um deles. Confira:

1.       Desenvolvedor mobile
O profissional é responsável por desenvolver os motores para a criação de jogos, trabalhando junto da equipe de desenvolvimento back-end. O cargo pede uma formação em tecnologias da informação e experiência na programação em unity, linguagem mobile e plataformas iOS e Android. A média salarial oferecida é de R$ 10 mil a R$ 15 mil.

2.       Desenvolvedor web
Com uma remuneração que pode variar entre R$ 8 mil e R$ 15 mil, esse profissional vai criar novos jogos para computador e desenvolver novos conceitos para produtos que já existem. É necessária a formação em ciências da computação ou áreas semelhantes.

3.       Product owner (Supervisor de produtos)
É necessária a formação em marketing ou tecnologias de informações para esse cargo, que tem como atividade central a análise de mercado e de novas tecnologias, com foco na criação e melhoria de games. A média salarial deste cargo é a maior do levantamento, variando entre R$ 12 mil e R$ 18 mil.

4.       Sports Brand Manager
Neste cargo, o responsável vai desenvolver estratégias para atrair jogadores, avaliar o crescimento do mercado e usar os indicadores de performance para tal. O salário oferecido aqui é de R$ 6 mil a R$ 12 mil e pede uma formação em marketing, com experiência em análise de resultados.

5.       Graphic/web designer
Esse profissional é responsável pela criação visual da marca dentro dos jogos, além também de melhorar a experiência dos jogadores no site. O cargo pede uma formação em designer gráfico ou web designer e oferece um salário entre R$ 4 mil e R$ 8 mil.

6.       Instrutor de games
Neste cargo, o profissional deverá ministrar aulas sobre games específicos, transformando os alunos em jogadores profissionais. O salário é de R$ 2 a R$ 4 mil e não pede nenhuma formação específica além do reconhecimento de ser um bom jogador.