Com ou sem crise, brasileiro se mantém seguro em relação ao emprego

Estudo mostra que 30% dos brasileiros estão "um pouco mais confiantes" no que se refere à segurança do emprego

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Enquanto o desemprego nos Estados Unidos não pára de aumentar, no Brasil, a crise parece não ter chegado. Tanto que os brasileiros ainda estão seguros em relação ao próprio emprego.

Levantamento realizado pela Ipsos, a pedido da ACSP (Associação Comercial de São Paulo), mostra que 30% dos brasileiros estão “um pouco mais confiantes” no que se refere à segurança de seu emprego e do emprego de conhecidos, na comparação com seis meses atrás.

Mais resultados

Aqueles que estão “muito mais confiantes” somaram 9%. Os dados não impressionam, se pensarmos que 68% não conhecem alguém que perdeu o emprego, por conta das condições da economia, nos últimos seis meses.

Aprenda a investir na bolsa

Em contraposição, as pessoas que têm uma visão negativa com relação ao trabalho foram 23%, distribuídas em 16% que estão “um pouco menos confiantes” e 7%, “muito menos confiantes”. Para outros 31%, a situação está mais ou menos igual na comparação com seis meses atrás.

Sobre a pesquisa

Para a pesquisa, foram realizadas, entre os dias 23 e 30 de julho, mil entrevistas domiciliares, segundo amostra probabilística com cota, representativa do eleitorado a respeito de sexo, idade, educação, PEA, e região (PNAD 2002 e TSE 2004).

Os participantes eram de 70 cidades, o que inclui nove regiões metropolitanas. A margem de erro é de três pontos percentuais, com um intervalo de confiança de 95%.

Projeção

A pesquisa mostrou que, apesar do otimismo no presente, 39% das pessoas consideram médias as chances de elas ou de algum conhecido perderem o emprego nos próximos seis meses, de acordo com a tabela abaixo:

PossibilidadeProporção
Muito grande6%
Um pouco grande18%
Média39%
Um pouco pequena18%
Muito pequena9%
Não sabe/Não respondeu9%

Fonte: ACSP